PousoAlegrenet

Menu
Home » Educação » Especial Publicitário

Governo define cotas do FIES de acordo com a avaliação dos cursos junto ao MEC

Antes de decidir pela instituição onde irá estudar o aluno deve se preocupar em conhecer os conceitos do curso.

Governo define cotas do FIES de acordo com a avaliação dos cursos junto ao MEC

Governo define cotas do FIES de acordo com a avaliação dos cursos junto ao MEC

Informe FAI – Não é novidade nenhuma, pois desde sempre, na Portaria original do FIES, já estava estabelecido que cursos avaliados com conceitos 1 e 2 não seriam contemplados com financiamento do governo (Portaria Normativa Nº 10, de 30 de abril de 2010).

Somente serão ofertados para inscrição os cursos que tenham avaliação positiva no SINAES, conforme disposto no art. 1° da Portaria Normativa MEC n° 1, de 2010, vinculados às IES cujas mantenedoras tenham aderido ao FIES: são considerados cursos superiores com avaliação positiva os cursos de graduação que obtiverem conceito maior ou igual a 03 (três) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004 (Art 1º, § 1º)

Ou seja, cursos com conceitos 1 e 2 não podem oferecer financiamento FIES aos seus alunos. Mas, desde o segundo semestre de 2015 (Portaria Normativa nº 8, de 2 de julho de 2015), o governo ampliou essa norma ao definir as cotas de FIES que cada curso poderá receber, conforme o conceito que tenha obtido junto ao MEC. Para o primeiro semestre de 2016 as cotas ficaram assim definidas (Portaria Normativa nº 13, de 11 de dezembro de 2015):

  • até 50% do número de vagas autorizadas para cursos com conceito cinco;
  • até 40% do número de vagas autorizadas para cursos com conceito quatro;
  • até 30% do número de vagas autorizadas para cursos com conceito três;
  • até 25% do número de vagas autorizadas para cursos cujos atos regulatórios mais recentes sejam “Autorização” (cursos novos)

Além dos cursos com conceitos 1 e 2, também é vedada a concessão de financiamento por meio do FIES a cursos superiores ministrados na modalidade de ensino a distância (EAD).

É importante observar que, além do conceito do curso onde estará matriculado, os candidatos ao benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) também precisarão precisar comprovar nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nota na redação que não seja zero para estar aptos a firmar novos contratos.

Em outras palavras, um bom aluno, com pontuação no ENEM superior a 450 pontos, que dependa do financiamento estudantil para cursar uma faculdade, precisará escolher muito bem a instituição, para não ter seu pedido negado devido ao conceito do curso junto ao MEC.

VEJA OS CONCEITOS DOS CURSOS AQUI: consultando os anos de 2014, 2013 ou 2012, dependendo da área do curso.

FAI tem todos os cursos com cotas garantidas para o FIES

Calouros FAI 2015 . Foto: Divulgação

Calouros FAI 2015 . Foto: Divulgação

Todos os cursos da FAI são avaliados com conceitos superior a 3, além do Índice Geral de Cursos (IGC) da instituição, que é 4. Os dois cursos novos – Ciências Contábeis e Engenharia de Produção, que ainda não possuem conceitos, também estão garantidos pelas novas regras.

Os cursos de Sistemas de Informação e Pedagogia, recentemente avaliados (Baixar resultado) mais uma vez se destacaram com conceitos ENADE 5 e 4, respectivamente, e a seguinte classificação no ranking nacional:

Sistemas de Informação FAI:

  • 5º melhor curso de Minas Gerais (apenas 4 universidades federais na frente) e 23º melhor do Brasil entre 464 instituições públicas e privadas (entre as 4,9% melhores do país)
  • Melhor curso particular de Sistemas de Informação de Minas Gerais e o 8º melhor do Brasil.

Pedagogia FAI:

  • 5º melhor curso de Minas Gerais (apenas 4 universidades federais na frente) e 44º melhor do Brasil entre 1126 instituições públicas e privadas (entre as 3,9% melhores do país).
  • Melhor curso particular de Pedagogia de Minas Gerais e o 18º melhor do Brasil.

Assim, de acordo com os últimos resultados publicados em dezembro, a FAI poderá receber a seguinte cota de financiamento FIES no primeiro semestre de 2016, dependendo, é claro do orçamento do governo que será disponibilizado para esse ano:

  • Curso de Administração – 54 cotas
  • Curso de Pedagogia – 20 cotas
  • Curso de Sistemas de Informação – 50 cotas
  • Curso de Engenharia de Produção – 30 cotas
  • Curso de Ciências Contábeis – 30 cotas

Se você ainda não escolheu seu curso, ou descobriu que o curso onde está matriculado não terá cota de FIES em 2016, ainda dá tempo de mudar e investir seu tempo e recursos em uma instituição reconhecida pela excelência e avaliada entre as melhores do Brasil.

FAI está com as inscrições abertas para o Vestibular de Verão

São oferecidas vagas para os cinco cursos ministrados pela Instituição: Administração, Engenharia de Produção, Pedagogia, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis (novo).

As provas serão realizadas em 30 de janeiro, em Santa Rita do Sapucaí. Informações pelo SAV – Serviço de Atendimento ao Vestibulando: 3473- 3013 ou www.fai-mg.br/vestibular e [email protected]

* Profa. Dra. Sandra Carvalho, coordenadora do curso de Engenharia de Produção da FAI

FAI
https://uploads.pousoalegre.net/2015/09/fai.jpg

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.