PousoAlegrenet

Menu

CPI da Copasa tem composição definida

Braz de Andrade será o presidente e Rafael Huhn ficará com a relatoria. Comissão vai investigar Copasa por supostas falhas na prestação de serviços e descumprimento de cláusulas no contrato de concessão firmado com o município.

Vereadores definiram a composição da CPI. Foto: Assessoria

Vereadores definiram a composição da CPI. Foto: Assessoria

Os vereadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Copasa decidiram na tarde da quinta-feira (25) a composição da investigação. O vereador Braz Andrade (PPS) foi eleito presidente e o vereador Rafael Huhn (REDE) ficou com a relatoria. A CPI ainda é formada pelos vereadores Ayrton Zorzi (PMDB), Paulo Valdir (PSL) e Flávio Alexandre (PR).

A comissão vai investigar a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), detentora da concessão do abastecimento de água e tratamento de esgoto em Pouso Alegre, por supostas falhas na prestação de serviços e descumprimento de cláusulas no contrato de concessão firmado com o município.

Os vereadores marcaram o início dos trabalhos da comissão para a próxima terça-feira (01). O relator, Rafael Huhn, solicitou da secretaria da Câmara que sejam juntados todos os documentos existentes na Casa a respeito da Copasa e que sejam requisitadas da Prefeitura informações acerca do contrato de concessão firmado com a empresa e os termos em que foi feito um aditivo de prorrogação do contrato. Os dados serão analisados na próxima reunião do grupo de investigação

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.