PousoAlegrenet

Menu

CPI da Copasa tem composição definida

Braz de Andrade será o presidente e Rafael Huhn ficará com a relatoria. Comissão vai investigar Copasa por supostas falhas na prestação de serviços e descumprimento de cláusulas no contrato de concessão firmado com o município.

Vereadores definiram a composição da CPI. Foto: Assessoria

Vereadores definiram a composição da CPI. Foto: Assessoria

Os vereadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Copasa decidiram na tarde da quinta-feira (25) a composição da investigação. O vereador Braz Andrade (PPS) foi eleito presidente e o vereador Rafael Huhn (REDE) ficou com a relatoria. A CPI ainda é formada pelos vereadores Ayrton Zorzi (PMDB), Paulo Valdir (PSL) e Flávio Alexandre (PR).

A comissão vai investigar a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), detentora da concessão do abastecimento de água e tratamento de esgoto em Pouso Alegre, por supostas falhas na prestação de serviços e descumprimento de cláusulas no contrato de concessão firmado com o município.

Os vereadores marcaram o início dos trabalhos da comissão para a próxima terça-feira (01). O relator, Rafael Huhn, solicitou da secretaria da Câmara que sejam juntados todos os documentos existentes na Casa a respeito da Copasa e que sejam requisitadas da Prefeitura informações acerca do contrato de concessão firmado com a empresa e os termos em que foi feito um aditivo de prorrogação do contrato. Os dados serão analisados na próxima reunião do grupo de investigação