PousoAlegrenet

Menu

Denuncia contra Perugini pode ter resultado diferente em votação desta terça (1)

Votação terá de ser refeita após erro em procedimento. Denúncia pede cassação do prefeito devido ao não cumprimento de repasses ao IPREM.

Denúncia pede cassação do prefeito devido ao não cumprimento de repasses ao IPREM.

Denúncia pede cassação do prefeito devido ao não cumprimento de repasses ao IPREM.

A Câmara dos vereadores de Pouso Alegre irá refazer na sessão desta terça-feira (1) a votação de uma denuncia contra o prefeito Agnaldo Perugini (PT).  A denúncia pede a abertura de um processo de cassação do prefeito por cometimento de infração político-administrativa, devido ao não cumprimento dos repasses ao Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Pouso Alegre – IPREM.

A nova votação se dará devido a um erro no procedimento da votação realizada no dia 5 de fevereiro, quando os vereadores rejeitaram a denuncia. No recebimento de denúncia, ao contrário de outras votações, o presidente da Casa, vereador Mauricio Tutty (PROS), precisaria votar a matéria, o que não ocorreu. Por isso, o jurídico da Câmara recomendou que a votação fosse refeita.

Se no dia 5, o voto do presidente Mauricio Tutty não alteraria o resultado final, agora o resultado pode ser diferente. Desfalcados com a ausência do vereador da oposição Hamilton Magalhães (PTB), e da ala independente da casa Ayrton Zorzi (PMDB), a denuncia tinha conseguido apenas 7 dos 10 votos necessários para ser aceita. Já nesta terça (1), caso o plenário esteja completo e os vereadores mantenham suas posições iniciais, o voto do Presidente da Casa, Mauricio Tutty (PROS) pode ser decisivo para o aceite da denuncia contra o Prefeito.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.