PousoAlegrenet

Menu

Suspeitando Zika, Presidente da Câmara resolve testar atendimento no SUS

No pronto socorro do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, atendimento demorou 2 horas, mas ele foi atendido. No pronto atendimento do São João, vereador não conseguiu atendimento.

Vereador esteve no PS do Hospital das Clinicas Samuel Libânio. Foto: Reprodução Facebook

Vereador esteve no PS do Hospital das Clinicas Samuel Libânio. Foto: Reprodução Facebook

A Câmara Municipal de Pouso Alegre emitiu nota nesta quarta-feira (16) sobre a ida do presidente da Câmara, Mauricio Tutty, ao pronto atendimento do São João e ao pronto socorro do Hospital das Clínicas Samuel Libânio. A visita foi divulgada pelo vereador em uma rede social.

Vereador postou na rede social sobre suspeita de estar com Zika. Foto: Reprodução Facebook.

Vereador postou na rede social sobre suspeita de estar com Zika. Foto: Reprodução Facebook.

Por meio das redes sociais, o vereador disse que suspeitava estar com Zika, devido as manchas vermelhas nas pernas, e que decidiu aproveitar para testar o sistema público de saúde. O vereador não conseguiu atendimento no Pronto Atendimento do São João, e teve que ir ao Pronto socorro do Samuel Libânio, onde foi atendido após duas horas.

Ainda nas redes sociais, uma moradora que estava na pronto atendimento do bairro São João, aproveitou para comentar que estava no local quando o vereador chegou, e que só conseguiu ser atendida no final da tarde.

Confira nota da Câmara:

Nota oficial: Presidente da Câmara opta por atendimento no SUS

O presidente da Câmara, o vereador , tentou se consultar no pronto atendimento do bairro São João na manhã desta quarta-feira (16). Ele chegou à unidade de saúde com erupção cutânea nos membros inferiores, sintoma típico de alergias. Desde que se tornou servidor público concursado, Tutty costuma utilizar seu plano de saúde, mas decidiu procurar o sistema público para testá-lo.

O vereador chegou ao Pronto Atendimento por volta das 10h30, quando preencheu sua ficha e passou a aguardar o atendimento. Quase duas horas depois, foi informado por um dos funcionários da UPA que o único médico prestando atendimento naquele momento sairia para almoço e só retomaria as consultas a partir das 15h. Tutty decidiu, então, procurar o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas Samuel Libânio.

Pouco antes das 13h, o vereador fez sua ficha no Pronto Socorro. Foi encaminhado para o setor de acolhimento, onde é definida a prioridade de atendimento. Ao todo, entre registro e a consulta, o vereador permaneceu duas horas na unidade de saúde. Tutty, que foi atendido pelo médico Dr. André, um de seus ex-alunos, elogiou o atendimento prestado pelos profissionais do HSCL.

O vereador afirma que tomou a decisão de procurar o SUS para verificar de perto as reclamações que a Câmara vem recebendo acerca da ineficiência da rede municipal de saúde. “É importante que as autoridades conheçam de perto a realidade com a qual a população tem que lidar no seu dia a dia”, argumenta. Nas últimas semanas, a situação da saúde no município mobiliza os vereadores na Câmara. As discussões tratam da precariedade da infraestrutura, eventuais falta de médicos e medicamentos. que são algumas das reclamações que os moradores têm encaminhado aos vereadores e à Prefeitura.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.