PousoAlegrenet

Menu

Projeto de Pouso Alegre concorre a prêmio de Roberto Justus

Concurso é oportunidade de viabilizar o negócio. Prêmios chegam a R$ 100 mil.

Folder. Divulgação

Folder. Divulgação

Garantir o capital para abrir um negócio próprio. Esse é o propósito de um concurso promovido pelo serviço Vivo Meu Negócio com Roberto Justus, que tem entre seus concorrentes um projeto de Pouso Alegre.

Idealizado pela professora e maquiadora Bárbara Mello Pereira, moradora de Pouso Alegre, o projeto participante, denominado LUZ – Beleza & Bem-Estar, é “um espaço completo e inovador dedicado à beleza e ao bem-estar de mulheres de todas as idades”.

O projeto

Trata-se de uma espécie de clínica de beleza, bem-estar e autoestima, que vai contar com diversas profissionais, como esteticista, maquiadora, personal trainer, nutricionista e psicóloga, entre outras, para que as clientes “além de ficarem mais bonitas, sintam-se lindas”.

Bárbara conta que viu no concurso, promovido por Justus e pela operadora Vivo, uma oportunidade de viabilizar o negócio, já que “a ideia e a equipe parceira eu já tenho, falta o dinheiro para começar e ‘segurar’ os primeiros meses”.

Os prêmios

O concurso vai distribuir 3 prêmios: R$ 100 mil, R$ 60 mil e R$ 40 mil, para o primeiro, o segundo e o terceiro colocados, respectivamente.

Para passar para a próxima fase e ficar entre os 10 finalistas dentre os quais o próprio Roberto Justus vai escolher os 3 vencedores, a idealizadora do projeto LUZ – Beleza & Bem-Estar pretende ficar entre os 3 primeiros colocados na votação aberta ao público na internet.

Pelo regulamento do concurso, ficar entre os primeiros na votação não é garantia de estar entre os 10 finalistas, que serão escolhidos por uma banca de especialistas. Mas Bárbara acredita que vai chegar lá. “Tenho uma proposta boa e viável. Respondi de maneira objetiva aos quesitos mais importantes do concurso, mostrando quem serão minhas clientes e de que forma vou investir o dinheiro do prêmio”.

Parceria com ONG de proteção animal

Para obter mais votos, ela conseguiu um patrocinador e uma parceria com a ONG SOS Bichos, de Pouso Alegre, para ajudar na divulgação: a cada dia que a votação do projeto for igual ou superior a 100 votos, a Fazenda Boa Vista, de Pouso Alegre, doará 10 kg de ração para a SOS Bichos, que abriga dezenas de cães resgatados das ruas.

Além disso, Bárbara afirma que tem ao menos 10 parentes e amigos “muito engajados” na campanha por votos. E já fez panfletos para distribuir em Pouso Alegre e Espírito Santo do Dourado, sua terra natal. Os panfletos utilizam QR code. Basta aproximar o celular da imagem que o link do concurso é aberto, sem necessidade de digitar o endereço (para isso, o usuário deve ter um aplicativo de leitura de imagens instalado no aparelho, como o QR & Barcode Scanner).

“Estabelecer uma meta de 100 votos por dia pode parecer pouco, mas nesse tipo de concurso o engajamento popular é baixo. Se tomarmos como base outros concursos que a própria Vivo já promoveu, acho bastante improvável que algum projeto obtenha  uma quantidade muito alta de votos”, diz ela.

Para votar, basta acessar o link : http://goo.gl/s2p4Ro

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.