PousoAlegrenet

Menu

Sul de Minas tem 60% das mortes registradas por H1N1 no Estado

Segundo dados da Saúde, sete mortes foram confirmadas na região. Pouso Alegre tem cinco casos confirmados e uma morte suspeita. Nova remessa da vacina deve chegar para a campanha no sábado 30.

Sul de Minas tem 60% das mortes registradas por H1N1 no Estado.

Sul de Minas tem 60% das mortes registradas por H1N1 no Estado.

60% dos pacientes que morreram este ano por causa do vírus da gripe H1N1 são do Sul de Minas, segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde. Das 12 mortes no Estado, sete são da região.

O município com mais mortes confirmadas é Campo Belo (MG), com três. As outras quatro mortes aconteceram em Lavras (MG), Extrema (MG), Andradas (MG) e Monte Santo de Minas (MG).

Casos em Pouso Alegre

Até o momento cinco casos de gripe A H1N1 já foram confirmados em Pouso Alegre. Sendo três mulheres profissionais da saúde, um homem de 37 anos que viajou ao estado de São Paulo e retornou a Pouso Alegre já com os sintomas e a mãe dele que contraiu a doença ao cuidar do filho. Essas pessoas já foram medicadas e estão curadas.

A secretaria Municipal de Saúde ainda aguarda 19 resultados de amostras suspeitas de H1N1 em análise na Fundação Ezequiel Dias (FUNED), em Belo Horizonte. Entre elas, o de uma criança de 8 anos que foi a óbito.

Vacina contra H1N1

Segundo a secretaria Municipal de Saúde, em Pouso Alegre já foram aplicadas 19 mil doses da vacina contra H1N1. Foram recebidas duas remessas da vacina desde o dia 13, quando teve início a imunização na cidade. As doses foram distribuídas para as Unidades Básicas de Saúde. Mas, como a procura tem sido muito grande, essas doses se esgotaram.

Nessa semana nova remessa deverá ser entregue ao município para ser utilizada no próximo sábado (30), quando acontece o dia D da campanha. A secretaria Municipal de Saúde ainda informa que a população que está dentro dos grupos prioritários pode ficar tranquila, e que todos serão imunizados até o fim da campanha.

A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde é de imunizar mais de 35 mil pessoas contra a influenza nesse período.

Deixe um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.