PousoAlegrenet

Menu

Moradores reclamam de arruaças e crimes no bairro Alto do Ibirá em Pouso Alegre

Jovens colocam som alto, consomem bebidas e drogas, e até fazem sexo. No final de abril um jovem foi baleado. Neste final de semana uma caminhonete que estava no bairro invadiu a casa de um morador de um bairro vizinho.

Linda vista atrai jovens ao local.

Linda vista atrai jovens ao Alto do Ibirá

Com uma das melhores vistas da cidade, o bairro Alto do Ibirá em Pouso Alegre acabou virando palco de arruaças e crimes. Os problemas têm aumentado nos últimos meses e tem tirado o sossego dos moradores de bairros entorno. Jovens colocam som alto, consomem bebidas e drogas, e até fazem sexo.

No final de abril, um adolescente chegou a ser baleado no bairro, mas não morreu. Ele e o autor do disparo estariam com outros colegas fazendo uso de drogas, quando se desentenderam.

Caminhonete invadiu casa e danificou carros. (Foto: Reprodução Facebook Fernando Lima)

Caminhonete invadiu casa e danificou carros. (Foto: Reprodução Facebook Fernando Lima)

Neste final de semana um acidente chamou a atenção. Por volta das 4h da madrugada de sábado, uma caminhonete que estaria sendo conduzida por um adolescente que estaria no Alto do Ibirá, invadiu uma casa em um vizinho, o Colinas de Santa Barbara. No acidente, o muro e o portão da casa foram destruídos e dois carros que estavam na garagem foram danificados.

Os moradores reclamam que já solicitaram providências, como policiamento e lombadas. Segundo o jornalista Fernando Lima, cerca de 8 acidentes já foram registrados nos últimos 6 meses.

Um morador conta que neste final de semana, houve briga entre grupos na região: “Por volta desse horário teve briga no final da avenida do Alto Ibirá. Após muita discussão um grupo acabou danificando o veículo de outro envolvido”, contou o morador Douglas Beraldo na rede social.

Já outra moradora reclama dos furtos: “Realmente é um inferno. Além de tudo isso ainda tem os furtos, pois descem drogados a procura de qualquer coisa para ser trocada por droga. Vivem rondando as casas por aqui e há nada que garanta nossa segurança”, disse a moradora Isabela Barcelos na rede social.

Segundo a Policia Militar, patrulhamentos e abordagens têm sido feitas diariamente no bairro, tendo veículos sido removidos e pessoas presas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.