PousoAlegrenet

Menu
EducaçãoEspecial Publicitário

FAI, 45 anos. Uma história alicerçada no pioneirismo e na inovação

fai_45anos (1)

Informe FAI

2016 é um ano de celebração em dose dupla.  A FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação – completa 45 anos de fundação e também de criação do curso de Administração, pioneiro no sul de Minas. Foram homens desbravadores que acreditaram na materialização de um sonho coletivo que transformaria o futuro do povo e do lugar. Naquela época, Santa Rita era uma bucólica cidade com cerca de doze mil habitantes.

Um projeto ousado para a época, impulsionado por gestores que estiveram e estão à frente da FAI ao longo desses anos. O pioneirismo tem acompanhado a evolução da Instituição: primeiro curso de Administração do sul de Minas, primeiro curso na área de Informática do interior do Estado, primeira faculdade da região a implementar a disciplina de Empreendedorismo no currículo, primeira instituição privada de Minas a criar o Google Educators Group (GEG) e, recentemente, um dos primeiros cursos de Engenharia de Produção do País a instalar um moderno laboratório de Lean Simulation para os seus alunos.

A FAI hoje

A FAI hoje (Foto: Divulgação)

Vale ressaltar que a Faculdade tem sido avaliada nos últimos anos com conceito IGC4 (muito bom) pelo MEC. Os cursos são classificados entre os melhores do País pela nota do Enade e são estrelados pelo Guia do Estudante. Mas a mais importante avaliação é aquela feita pelos alunos no dia a dia.

45 anos se passaram e a FAImília  cresceu. Hoje somos cinco cursos de graduação, 11 cursos de pós graduação, 1200 alunos, 90 professores e cinquenta colaboradores.

Já formamos mais de três mil profissionais, contribuindo para o APL Eletroeletronômico de Santa Rita do Sapucaí e para o desenvolvimento de Minas Gerais e do Brasil.

Com a missão de formar empreendedores para o mercado e cidadãos responsáveis para a sociedade, temos criado inúmeras oportunidades para conscientizar nossos alunos e inseri-los como profissionais mais humanizados e conscientes na sociedade onde atuam.

Nós crescemos, mas a essência da instituição permanece viva representada por aqueles que fizeram e ainda fazem parte desta história.

RETROSPECTIVA

A FAI na década de 1970 (Foto: Divulgação)

A FAI na década de 1970 (Foto: Divulgação)

O sonho de criar uma escola superior de Administração em Santa Rita do Sapucaí é embalado inicialmente pelo professor e advogado Francisco Ribeiro de Magalhães (falecido em 1993) e encontra acolhida do Monsenhor José Carneiro Pinto e do advogado Antônio Teixeira dos Santos (já falecido). Em pouco tempo, torna-se um sonho coletivo da comunidade de Santa Rita do Sapucaí. E no dia 12 de janeiro de 1971, o MEC autoriza o funcionamento da Escola de Administração, vinculada à Fundação Educandário Santarritense. Está criado o primeiro curso de Administração do sul de Minas. Em 1977, a Escola passa a se chamar Faculdade de Administração.

O então diretor padre Ramón apresenta o projeto arquitetônico do campus com formato de nave, enquanto os professores Francisco e Teixeira expõem o livro de ouro (Foto: Divulgação)

O então diretor padre Ramón apresenta o projeto arquitetônico do campus com formato de nave, enquanto os professores Francisco e Teixeira expõem o livro de ouro (Foto: Divulgação)

É necessário ampliar os horizontes. Santa Rita está em fase de crescimento, buscando sua vocação.  Em 1978, é criado o curso de Tecnologia em Processamento de Dados, o primeiro do sul de Minas, hoje Sistemas de Informação. Em 1982, a Faculdade passa a ser denominada FAI – Faculdade de Administração e Informática.

Duas décadas depois, com a criação do curso Normal Superior, é implementado o ISE – Instituto Superior de Educação. Em 2006, o Normal Superior transforma-se em curso de Pedagogia. Em 2010, dá-se a unificação do ISE e da FAI, originando o Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação, mantendo a sigla FAI, uma marca significativa e forte na região.

Novos tempos. Novas demandas. Em 2014, tem início o curso de Engenharia de Produção e, em 2016, o curso de Ciências Contábeis.

OS GESTORES

O atual diretor, professor José Cláudio Pereira, os ex-diretores, professores Ramón Villar Paisal, Aldo Ambrósio Morelli e Benedito Márcio Barbosa Magalhães (Foto: Divulgação)

O atual diretor, professor José Cláudio Pereira, os ex-diretores, professores Ramón Villar Paisal, Aldo Ambrósio Morelli e Benedito Márcio Barbosa Magalhães (Foto: Divulgação)

O primeiro diretor é o então padre jesuíta Ramón Villar Paisal, que permanece no cargo de 1971 a 1982. Na sequência, assume a direção Paulo Capistrano Alckmin, cuja gestão tem início em 1982 e finaliza no início de 1986, quando interinamente assume a direção o professor Francisco Ribeiro de Magalhães. Em 1987, é a vez do professor Benedito Márcio Barbosa Magalhães que permanece na direção por duas gestões consecutivas. Em 1995, assume o cargo o ex-aluno da Faculdade professor José Cláudio Pereira, que fica à frente da Instituição por duas gestões consecutivas. Em 2003, assume a diretoria o também ex-aluno professor Aldo Ambrósio Morelli, que permanece no cargo por dois mandatos consecutivos. Em 2011, assume novamente o professor José Cláudio, tendo como vice-diretora a professora Silvana Lima. Em 2015, ambos são reconduzidos aos cargos.

Nas edições seguintes, daremos continuidade à história da FAI na voz dos ex-diretores e do atual diretor.

FAI
https://uploads.pousoalegre.net/2015/09/fai.jpg

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.