PousoAlegrenet

Menu

Felício pede dispensa e não joga as Olimpíadas no Rio

Pousoalegrense integraria equipe secundaria que disputa Sul-americana para ganhar ritmo de jogo. Ele deve jogar novamente a Liga de verão pelo Chicago Bulls

Cristiano Felício não disputará as olimpiadas

Cristiano Felício não disputará as olimpiadas

O pouso-alegrense Cristiano Felício, pivô do Chicago Bulls, pediu dispensa da convocação da seleção brasileira de Basquete para as Olimpiadas. O comunicado foi feito minutos antes da convocação, e foi confirmada pelo jogador nas redes sociais. O jogador alegou ser uma decisão pessoal, mas deixou nas entrelinhas que seria um opção para conquistar espaço dentro do Bulls. Confira:

Felício defendeu categorias de base da Seleção Brasileira

Felício defendeu categorias de base da Seleção Brasileira

Foi uma decisão muito difícil, a mais difícil que tomei em toda a minha vida. Fiquei pensando por muito tempo, refletindo sobre o que fazer. Durante semanas isso ficou na minha cabeça. Desde os meus 16 anos que jogo pela Seleção Brasileira, lembro bem de cada uma das convocações e esse é um momento único para mim. Estou vindo de um bom fim de temporada pelo Chicago Bulls, e, como todo brasileiro, vivendo também essa expectativa pelas Olimpíadas no Brasil.

Mas não posso pensar com a paixão, preciso e devo agir com a razão. Não foi nada fácil. Sei da importância, do que significa vestir a camisa do meu país, mas tenho a consciência de que tenho que trabalhar ainda mais duro, me dedicar e evoluir para conquistar o meu espaço, pensar no meu futuro. Infelizmente, aconteceu tudo ao mesmo tempo.

Conversei com a comissão técnica da Seleção Brasileira, expliquei a situação e deixei claro que isso não é uma escolha ou uma recusa ao Brasil mas, sim, algo de momento, e que em nada muda o meu respeito meu país. Não vou estar em quadra, mas vou estar na torcida, junto com todos os brasileiros, na certeza de que temos tudo para brigar por uma medalha nos Jogos.

Técnico diz ter ficado irritado com decisão

Técnico da seleção Brasileira diz ter ficado irritado (Foto: FolhaPress)

Técnico da seleção Brasileira diz ter ficado irritado (Foto: FolhaPress)

O técnico da Seleção Brasileira, Ruben Magnano disse em entrevista que não ficou nada feliz com o pedido do jogador. O técnico disse que propôs a Felício jogar o Sul-americano de basquete neste mês junto com a equipe secundaria para ganhar ritmo de jogo, já que Felício, apesar do destaque, teve muito pouco tempo de jogo na ultima temporada.

“Eu falei com ele. Quando estive com ele nos Estados Unidos, estava tudo certo, ainda falamos da quantidade de competição que  tem um atleta e ele não estava jogando praticamente nada”, disse Magnano, durante coletiva nesta sexta-feira.

“Eu falei para ele (Felício) que incorporasse o grupo do Sul-Americano pra pegar ritmo de jogo. Depois, quando comecei a escrever essa lista de convocados, a CBB me falou que ele não ia ser convocado porque decidiu jogar a Summer League. Respeito muito a decisão do atleta”, continuou.

“Fico chateado? Claro que fico chateado. Já faz tempo que estamos tentando porque acho que tem um potencial como jogador ainda porque nossa seleção investiu muito nele. Mas são decisões pessoais, temos que entender, não significa que tenho que aceitar. Mas vou fechar esse capítulo agora”, completou.

Magnano também comparou o caso de Felício com o de Lucas Bebê, que tem poucas chances no Toronto Raptors.

“Esse caso não é um problema de capacidade, não sei se é de vontade ou pessoal, mas o que sei que se enquadra no mesmo negócio do Felício. Não foi colocado nessa lista porque vai jogar a Summer League. Ou seja, preferem jogar a Summer League do que se apresentar a seleção”.

Pedido de dispensa por jogadores da NBA

Felício jogará a Summer League pelo Chicago Bulls

Felício jogará a Summer League pelo Chicago Bulls

Tem sido comum jogadores brasileiros que atuam na NBA pedirem dispensa da seleção brasileira em diversos momentos. Em 2011 por exemplo, Nenê e Leandrinho pediram dispensa da seleção que disputou o pré-olímpico. Eles alegavam motivos pessoais e contratuais.

Apesar disso, em 2012 ambos aceitaram participar das Olimpíadas em Londres. A maior diferença deles para Felício, era que naquele momento, ambos já tinha um espaço mais consolidado dentro de suas equipes na NBA.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.