PousoAlegrenet

Menu

Deputados do Sul de MG votam a favor de Temer em denúncia de corrupção

Bilac Pinto (PR) e Carlos Melles (DEM) votaram contra o recebimento da denúncia

Bilac Pinto (PR) e Carlos Melles (DEM) votaram a favor de Temer na CCJ

Os dois deputados federais com representatividade eleitoral no Sul de Minas e que participavam da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara votaram a favor do presidente Michael Temer para tentar derrubar a denúncia por crime de corrupção passiva contra o presidente.

Bilac Pinto (PR) e Carlos Melles (DEM) votaram contra o recebimento da denúncia da Procuradoria Geral da República pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que acabou rejeitada por 40 votos a 25.

O resultado foi conseguido em boa parte por causa de manobra dos partidos aliados de Temer, que trocaram 17 parlamentares da comissão que tinham intenção de votar pelo recebimento da denúncia. Entre as trocas estava Bilac Pinto (PR), que substituiu o colega de partido, Delegado Waldir (PR-GO) que era a favor do recebimento da denúncia.

Delegado Waldir ficou furioso com a troca (Foto: Agência Brasil)

Furioso com a troca, Waldir compareceu na comissão gritando “bandidos” e acusou o governo de promover barganha. “Governo corrupto, vai cair. Esse governo é bandido, é covarde”, bradou. “Eu não vendo o meu voto, e a minha vaga na CCJ foi vendida pelo partido (PR)”. A oposição manifestou solidariedade ao deputado.

Bilac negou irregularidades (Imagem: Reprodução Bom dia Brasil / TV Globo)

Em entrevista ao Bom Dia Brasil da TV Globo, Bilac Pinto negou qualquer irregularidade em substituir o colega na comissão: “Não há venda de votos. Muito pelo contrário”. Ele também negou a liberação de emendas: “De forma alguma. Já mais me submeteria a um processo como esse”, disse Bilac Pinto.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.