PousoAlegrenet

Menu

FUVS emite comunicado sobre decisão que considera novo estatuto ilegítimo

Novo estatuto tirou das mãos do Governador de Minas o poder de indicar o conselho diretor da Fundação

Fuvs é mantendora do Hospital das Clínicas Samuel Libânio

A Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS) emitiu um comunicado nesta quarta-feira (19) sobre a decisão monocrática que considera o novo estatuto da fundação ilegítimo.

O novo estatuto tirou das mãos do Governador de Minas o poder de indicar o conselho diretor da Fundação, e uma nova presidência foi escolhida durante a disputa judicial baseado no novo estatuto. O caso ainda irá a julgamento do Pleno.

Confira a nota

COMUNICADO IMPORTANTE

O Conselho Diretor da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS) comunica, em esclarecimento ao que foi veiculado por alguns meios de comunicação da cidade, que a decisão proferida no processo judicial em que se discute a validade do novo estatuto, atualmente em vigor, não é definitiva, e não se referiu à eleição e posse do atual conselho diretor da FUVS, estando pendente de novo exame, que ainda será realizado nas próximas semanas, pela Câmara Julgadora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

É necessário ressaltar que a nova redação do estatuto foi feita seguindo estritamente as recomendações do Ministério Público Curador das Fundações e foi aprovado democraticamente por larga maioria de votos pela Assembleia Geral da Fundação.

Conselho Diretor
Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.