PousoAlegrenet

Menu

Deputados do Sul de Minas a favor de Temer na denúncia receberam R$ 33 milhões em emendas em junho e julho

Com domicílio eleitoral na região de Pouso Alegre, Bilac Pinto (PR) ganhou R$ 9,5 milhões e foi o que mais recebeu no Sul de Minas. . Deputado substituído por Bilac denunciou compra de votos

Bilac Pinto (PR), Carlos Melles (DEM), Dâmina Pereira (PSL) e Dimas Fabiano (PP) receberam mais de R$ 33 milhões em emendas

Os Deputados Mineiros que votaram a favor de Temer na denúncia de corrupção passiva foram os que mais ganharam emendas parlamentares entre junho e julho, período em que a denúncia chegou ao congresso. Os dados são de um levantamento do jornal Estado de Minas.

Segundo levantamento, os quatro Deputados do Sul de Minas que votaram a favor de Temer, e contra a investigação da denúncia, estão entre os que mais receberam. Juntos, os quatro receberam mais de R$ 33 milhões.

Com domicílio eleitoral na região de Pouso Alegre, Bilac Pinto (PR) foi o que mais recebeu, ganhando R$ 9,5 milhões. Os outros deputados Sul Mineiros, Carlos Melles (DEM), ganhou R$ 6 milhões. Dâmina Pereira (PSL) R$ 9,4 milhões. Dimas Fabiano (PP) R$ 8,7 milhões. Já Reginaldo Lopes (PT), único a votar contra Temer, recebeu R$ 5,7, bem abaixo do patamar dos que votaram a favor.

Denúncia de Compra de votos

A suposta compra de votos através das emendas parlamentares foi denunciada pelo deputado Delegado Waldir (PR-GO), que era a favor da denúncia. Para tentar barrar a denúncia, o Partido Republicado colocou o sul-mineiro Bilac Pinto no lugar de Waldir na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ),.

Delegado Waldir ficou furioso com a troca (Foto: Agência Brasil)

Furioso com a troca, Waldir compareceu na comissão gritando “bandidos” e acusou o governo de promover barganha. “Governo corrupto, vai cair. Esse governo é bandido, é covarde”, bradou. “Eu não vendo o meu voto, e a minha vaga na CCJ foi vendida pelo partido (PR)”. A oposição manifestou solidariedade ao deputado.

Bilac negou irregularidades (Imagem: Reprodução Bom dia Brasil / TV Globo)

Em entrevista ao Bom Dia Brasil da TV Globo, Bilac Pinto negou qualquer irregularidade em substituir o colega na comissão: “Não há venda de votos. Muito pelo contrário”. Ele também negou a liberação de emendas: “De forma alguma. Já mais me submeteria a um processo como esse”, disse Bilac Pinto.

Veja quanto cada deputado recebeu

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.