PousoAlegrenet

Menu

Intervenção na FUVS gera protesto na câmara de Pouso Alegre

Durante o uso do plenário houve aplausos aos vereadores que discursavam contra a intervenção. Já os vereadores de oposição acabaram vaiados em seus discursos.

Intervenção na FUVS gerou protesto na câmara (Foto: PousoAlegrenet)

Ao contrário do resto do ano, o plenário da Câmara Municipal de Pouso Alegre estava quase cheio na sessão desta terça-feira (22). Moradores, em parte alunos da Fundação de Ensino do Vale do Sapucaí, foram a casa de leis protestar contra a intervenção na instituição.

Durante o uso da tribuna houve aplausos aos vereadores que discursavam contra a intervenção. Já dois vereadores de oposição acabaram vaiados em seus discursos.

Intervenção na FUVS gerou protesto na câmara (Foto: PousoAlegrenet)

“Temos que defender aqui que o Ministério Público de forma temporária assuma as rédias da FUVS e que o promotor promova eleições em tempo hábil para que a gente possa cumprir a lei. Porque se não acontecer isso senhores, nós vamos ficar presos em uma disputa que não vai levar a lugar nenhum”, disse o vereador Rodrigo Modesto (PTB), que foi aplaudido ao fim da fala.

Intervenção na FUVS gerou protesto na câmara (Foto: PousoAlegrenet)

O ponto alto da manifestação aconteceu durante o discurso do Vereador André Prado (PV). “Temos causas tão ou mais importantes sendo discutidas aqui nessa casa diariamente, mas quase ninguém comparece”, criticou. “Então venham outras vezes aqui na casa pra mostrar que vocês se interessam pela cidade e não apenas estão sendo usados por um grupo político”, provocou André Prado (PV). A partir dai, o vereador seguiu sendo vaiado enquanto fazia críticas ao Prefeito Rafael Simões (PSDB) até que os manifestantes se levantaram e deram as costas ao vereador.

Os manifestantes foram embora logo após o uso da tribuna dos vereadores, e não acompanharam as votações. A sessão ainda segue acontecendo até o momento desta publicação.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.