PousoAlegrenet

Menu

FUVS informa que acertou maioria dos salários e explica o que causou atrasos

Segundo a FUVS, prazo bancário devido alteração do conselho diretor e falta de recursos suficientes atrapalharam o pagamento. Repasse feito pelo Governo de Minas e liberado pela prefeitura, ajudou a pagar parte dos salários atrasados

O conselho diretor da Fundação de Ensino do Vale do Sapucaí (FUVS) informou que já acertou a maioria dos salários atrasados dos colabores das instituições mantidas pela fundação. Os funcionários que recebiam no 5º dia útil do mês começaram a semana sem os salários.

Pagamentos realizados

Segundo a presidente da FUVS, Andréa Adão, na segunda-feira (11) foi feito o pagamento dos funcionários do Hospital das Clínicas Samuel Libânio, e nesta terça-feira (12), o pagamento dos residentes do hospital e dos funcionários da Univás. De acordo com a presidente, nesta quarta-feira (13) há previsão para o pagamento dos funcionários dos Colégios Anglo e JoãoPaulo, além dos funcionários da FUVS.

Funcionários fizeram manifestação (Imagem: Reprodução EPTV)

Nesta terça-feira (12) alguns funcionários da área de saúde, e que receberam na segunda-feira (11), fizeram um protesto em frente ao hospital. Eles pediram mais estabilidade, respeito e transparência com as informações. Alguns residentes, que tiveram o pagamento liberados nesta terça-feira (12), também participaram.

Motivo do atraso

Segundo nota emitida pela FUVS, dois problemas impediram o pagamento em dia do salário. O primeiro era a falta de recurso suficiente em caixa na terça-feira (5). Porém, mesmo que houvesse recurso, o dinheiro não poderia ser liberado, devido ao segundo motivo: O prazo bancário para a realização de todas as autorizações junto aos bancos após a nomeação do novo conselho diretor, que foi definido na tarde da segunda-feira passada (4).

Repasses do Governo do Estado e do Município

Segundo a presidente da FUVS, Andréa Adão, o Governo de Minas liberou um repasse de R$ 3,6 milhoes e ainda há a previsão de repasses de mais R$ 1 milhão até a próxima semana.

Ainda de acordo com Andrea, todos os repasses do Governo do Estado são feitos através do Fundo Municipal de Saúde, que os tem repassado para a Fundação: “Temos tido um contato direto com a secretária municipal de saúde que está fazendo os esforços para que o recurso chegando, e seguindo o tramite normal, faça o repasse para a FUVS”, explicou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.