PousoAlegrenet

Menu

Indigentes são flagrados arrombando casa no centro de Pouso Alegre

Moradores reclamam da insegurança no local. De acordo com a polícia, seis pessoas foram presas

Um grupo de indigentes foi flagrado na manhã desta sexta-feira (27) arrombando a entrada de uma casa em Pouso Alegre. O caso aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, no centro da cidade.

Indigentes tentando arrombar a porta com um pedaço de madeira

Um vizinho da casa gravou toda a ação dos indigentes. Primeiro um deles aparece pulando o muro do local. Depois eles começam a tentar arrombar a porta. Quando conseguem, eles fecham a porta, como se nada tivesse acontecido.

Momento que a porta é arrombada

A polícia foi acionada, mas quando a viatura chegou, apenas alguns dos indigentes estavam no local. Os que arrombaram a porta já haviam saído. A polícia identificou os arrombadores e saiu em rastreamento. De acordo com a policia militar, eles foram localizados no final da tarde. Seis pessoas foram presas.

A casa está desocupada, e não havia ninguém dentro do imóvel no momento do crime.

Moradores sofrem com insegurança

Uso explícito de drogas, atos sexuais, sujeira, bagunça, brigas, são alguns dos motivos que incomodam moradores, comerciantes e quem passa pelo local. A quantidade de indigentes e usuários de drogas não apenas incomoda, preocupa.

São várias as reclamações de intimidação e até tentativas de agressão. Alguns indigentes já foram flagrados portando armas brancas na avenida. Eles intimidam e pedem dinheiro para quem passa pelo local ou precisa estacionar ali.

Homem amola facão na calçada da Avenida Getúlio Vargas (Foto: PousoAlegrenet / Arquivo )

Uma moradora do local, que prefere não aparecer por medo, conta o que passou com os indigentes: “Tem um deles que vive andando no meio dos carros e gritando com as pessoas na rua. Hoje em dia ele não vem mais atrás de mim por que já ameacei bater nele. Mas ele já chegou a avançar na minha cunhada com bebê no colo. Meu irmão teve que meio que ir pra cima dele”, conta.

O problema, segundo uma moradora do local, vem aumentando com o passar dos anos. “Eles ficam naquela região tem uns 5 anos mais ou menos. Só que no começo eram poucos e depois só foi aumentando”, conta.

Segundo o secretário de políticas sociais, Sudário Rios Braga, os indigentes escolhem locais onde tem facilidade em conseguir dinheiro para comprar a droga: “O que faz movimentar ali é a droga e a facilidade de eles conseguirem dinheiro para comprar a droga. Estamos trabalhando na região da Av. Getúlio Vargas já. Só que não da pra tampar o sol com a peneira. Vamos tirar dali, e vai aparecer em outro lugar. Isso é fato”, explica.

Sudário comenta que esse problema não será resolvido da noite para o dia: “Esse ano mesmo nós já recambiamos mais de 400 pessoas em situação de rua, devolvendo para sua cidade natal, para seus parentes. Já conseguimos emprego para morador de rua. É um trabalho de formiguinha. Sei que está incomodando, mas essa ação não é do dia pra noite. Tempo atrás era ali perto do Galeria Shopping, e conseguimos junto com a Policia Militar e a guarda isolar aquela área”, conta o secretário.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.