PousoAlegrenet

Menu

Justiça solta jovem que matou namorado com facada durante briga em Pouso Alegre

Olívia alegou legítima defesa. Ela tinha vários hematomas pelo corpo. A jovem deve responder pelo crime de homicídio em liberdade

Olívia matou o namorado durante uma briga (Foto: Redes Sociais)

A justiça concedeu liberdade à jovem que matou o namorado com uma facada no peito em Pouso Alegre (MG). Olívia Magiotti, de 24 anos, deixou o presídio na noite do sábado (7).

Olívia estava presa desde sexta-feira (6), quando matou o namorado Leonardo Leão Melo durante uma briga.

Leonardo foi morto com uma facada no peito (Foto: Redes Sociais)

Em depoimento à polícia, Olívia afirmou que cometeu o crime porque foi agredida pelo namorado. A jovem deve responder pelo crime de homicídio em liberdade.

Histórico de brigas

Olívia e Leonardo namoravam há mais de 3 anos. Nas redes sociais, as fotos mostram jovens apaixonados e felizes. Mas segundo amigos de Leonardo, o relacionamento também era marcado por brigas e ciúmes.

“Era ciúmes dela, e aí quando dava atrito, às vezes ela não satisfeita com a situação ia lá e agredia, ai ele agredia também, trocavam socos”, disse Matheus de Castro Veiga, amigo de Leonardo.

Foto: Redes Sociais

As agressões mútuas aconteciam nas horas de lazer do casal e já tinham sido registradas em boletins de ocorrência.

“Não tinha briga durante a semana, era às vezes no fim de semana, que eles brigavam por causa de festa, coisas assim”, disse Danilo Araújo Galvez, amigo de Leonardo.

A última briga

Crime aconteceu no bairro Santa Luzia (Foto: Redes Sociais)

Segundo um dos amigos de Leonardo, Matheus de Castro Veiga, Olívia e Leonardo começaram a discutir por mensagens no telefone durante a madrugada da sexta-feira (6), quando o comerciante estava com amigos.

“Tava eu, ele e mais dois amigos. Aí nesse meio termo ele estava sem bateria no celular, ele colocou o celular para carregar e tinha um monte de mensagens, eles estavam discutindo pelas mensagens”, completou Veiga.

Leonardo foi embora para casa. Por volta das 5h40 da madrugada, Olívia, que estava dormindo na casa de uma amiga, foi buscá-lo. Eles foram para a casa onde Olívia mora com o pai, no bairro Santa Luzia. Foi lá que o crime aconteceu.

Segundo depoimento de Olívia a Polícia, as agressões começaram ainda dentro do carro. Leonardo teria acertado Olívia na cabeça com um copo de vidro. Segundo a Polícia Civil, Olívia não apresentava nenhum corte no local, mas havia cacos de vidro dentro do carro, e a jovem tinha vários hematomas pelo corpo.

O  crime aconteceu por volta das 6h10m. Ainda de acordo com o relato da jovem, as agressões continuaram dentro da casa do pai de Olívia. O pai dela presenciou tudo. Ele tentou separar a briga, mas não conseguiu.

Segundo Olívia, Leonardo continuava a agredi-la, inclusive com chutes enquanto ela estava caída. A briga ia passando pelos cômodos da casa. Foi quando, ao chegar na cozinha, Olívia pegou uma faca e deu uma facada no peito do namorado.

Ainda de acordo com o relato de Olívia, ela e o pai chamaram a Polícia e o Samu, e tentaram estancar o sangramento no peito do namorado usando uma toalha. O pai saiu para buscar ajuda. Com a ajuda de um vizinho eles tentaram levar Leonardo de carro ao hospital. Ao chegar na rua, Leonardo desfaleceu sem vida e caiu no meio da rua.

Jovem morreu no meio da rua (Foto: Redes Sociais)

Quando a polícia chegou a casa, Olívia e o pai aguardavam no local. O pai foi liberado. Olívia foi presa em flagrante.

Segundo o advogado da jovem, Gustavo Murone, a família não vai comentar o caso. A defesa vai aguardar a instauração do inquérito policial.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.