PousoAlegrenet

Menu

Prefeitura anuncia que mais duas novas escolas vão integrar rede municipal de ensino de Pouso Alegre em 2017

Creche no Jardim América e escola municipal no bairro Pitangueiras garantem novas vagas para a educação municipal

A prefeitura de Pouso Alegre anunciou que a partir de dezembro deste ano mais duas escolas deverão ser incorporadas à rede municipal de ensino. Com elas, Pouso Alegre passa de 34, para 36 escolas municipais.

Creche no bairro Jardim América

Creche no Jardim América (Foto: Prefeitura)

Creche no Jardim América (Foto: Prefeitura)

Creche no Jardim América (Foto: Prefeitura)

Crianças de até 5 anos de idade ganharão a partir do ano que vem mais uma creche. Localizada no bairro Jardim América, as obras de construção desta pro-infância se iniciaram em 2010 pela administração anterior e estavam paralisadas desde 2014.

“No início do ano [as obras] foram retomadas graças à sensibilidade do Prefeito Rafael Simões, que determinou que providências imediatas fossem cumpridas para que a escola seja concluída”, disse em nota a prefeitra.

Com recursos da ordem de R$ 1 milhão, a escola contará com amplo espaço para atender todas as necessidades da educação infantil. Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) com contrapartida de 20% da Prefeitura.

Escola de ensino fundamental no bairro Pitangueiras

Escola no Pitangueiras (Foto: Prefeitura)

Escola no Pitangueiras (Foto: Prefeitura)

Escola no Pitangueiras (Foto: Prefeitura)

Outra escola já em fase adiantada de construção está localizada no bairro Pitangueiras, próximo ao bairro Belo Horizonte. As obras também estavam paralisadas e serão entregues seis salas de aulas até o final deste ano, para atendimento a alunos do ensino fundamento I e II.

A escola tem capacidade para atender até 180 alunos por turno e ocupa uma área construída de 890 metros quadrados, com projeto de construção de quadra poliesportiva futuramente.

As duas unidades de ensino contarão com ambientes essenciais para a aprendizagem das crianças e adolescentes atendidos: “São salas de aulas, sala multiuso, sanitários, fraldários, recreio coberto, parque, refeitório que somados a outros ambientes garantem a realização de atividades pedagógicas, recreativas, esportivas e de alimentação com toda segurança e qualidade oferecidas pela educação municipal”, informa a prefeitura.

Esta escola é um projeto do Governo Federal através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e sua construção também estava paralisada. Com orçamento de R$ 1,4 milhão, o empreendimento contará com uma contrapartida do município de 25% (cerca de R$ 350 mil).

Segundo a prefeitura, o início da obra recebeu aporte de recursos exclusivamente do FNDE, o que levou à sua paralisação por falta de repasses correspondentes à contrapartida da Prefeitura na administração passada.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.