PousoAlegrenet

Menu

Juiz decreta prisão preventiva de colunista por fraude em locação de sítios em Pouso Alegre

Oito inquéritos já foram abertos contra o colunista, que teria recebido adiantamentos para locação de sítios, que não foram reservados

Prisão preventiva foi decretada pelo Juiz da 1ª Vara Criminal de Pouso Alegre

O Juiz da 1ª Vara Criminal de Pouso Alegre, Dr. Túlio Márcio Lemos Mota Naves, decretou a prisão preventiva do colunista social Leandro Oliveira, conhecido como Leandro.com.

O colunista é investigado por estelionato. Ele teria recebido adiantamentos para locação de sítios, que não foram reservados. Os valores variam de R$ 1.200 a R$ 4.000.

Leandro Oliveira teve prisão preventiva decretada (Foto: Reprodução TV Libertas / Arquivo Imgrum)

A prisão foi requerida pelo delegado da Polícia Civil responsável por defraudações, José Walter da Motta Matos. Segundo o delegado, oito inquéritos já foram abertos contra o colunista.

Ainda de acordo com o delegado, além de estelionato, Leandro será enquadrado em exercício irregular da profissão, por não ser corretor habilitado pelo Creci.

O colunista não é encontrado desde o dia 22 de dezembro, poucos dias antes do caso estourar nas redes sociais. O PousoAlegrenet voltou a tentar contato com Leandro, mas não obteve sucesso.

Em áudio informal divulgado nas redes sociais, o colunista disse a uma amiga que usou o dinheiro para pagar uma dívida com um agiota.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.