PousoAlegrenet

Menu

Menores foram autores de dois homicídios este ano em Pouso Alegre, conclui Polícia Civil

Nos dois casos haviam maiores envolvido junto a ação. Rafael Cebolinha e Fábio Bisteca foram mortos em janeiro e fevereiro. Menores tem 13 e 16 anos

Dois inquéritos concluídos nesta semana pela polícia Civil apontam que menores participaram de dois homicídios ocorridos no bairro São Geraldo, em Pouso Alegre.

Homicídio do ‘Cebolinha’

Rafael ‘Cebolinha’ foi morto em janeiro (Foto: Redes Sociais)

O primeiro aconteceu em janeiro. Rafael Bernardes do Santos, conhecido como Cebolinha. Ele foi morto a tiros no dia 3 de janeiro em um terreno baldio no bairro São Geraldo.

Segundo as investigações, o crime foi cometido por Arivaldo Teixeira Lelis, e por um menor de 16 anos. O motivo será uma dívida de R$ 3,5 mil relacionadas ao tráfico de drogas.

Arivaldo foi preso e recolhido ao Presídio de Pouso Alegre. O menor ainda está em liberdade aguardando a decretação da internação provisória pela Vara da Infância e Juventude de Pouso Alegre.

Homicídio do ‘Bisteca

Fábio Bisteca foi morto em fevereiro (Foto: Redes Sociais)

O segundo caso resolvido foi o assassinato Fábio Ricardo da Silva, 35 anos, conhecido como Bisteca. Ele foi morto no dia 2 de fevereiro em um bar no bairro São Geraldo em Pouso Alegre.

Segundo a investigação da Polícia Civil, um menino de 13 anos teria cometido o crime a mando de Fábio Possidônio da Silva, conhecido como Gigante. Ele teria fornecido a arma de fogo e resgatado o menor logo após o crime.

Ainda de acordo com a Polícia, o crime teria sido motivado por questões passionais. ‘Gigante’ teria ameaçado um sobrinho de ‘Bisteca’ por ter se envolvido com sua ex-namorada, e ‘Bisteca’ teria tentado intimidar ‘Gigante’ com disparos de arma de fogo próximo a sua residência.

‘Gigante’ foi preso e recolhido ao Presídio de Pouso Alegre. O menor está apreendido em Belo Horizonte.