PousoAlegrenet

Menu

Zona Azul passa a multar em Pouso Alegre

Multa gira em torno de R$ 53 e perda de três pontos na carteira. A autuação é feita pelos agentes de trânsito e pela Polícia Militar.

Depois de um mês de fiscalização educativa, a partir desta segunda-feira (01), os motoristas que desrespeitarem as regras da Zona Azul podem ser multados. Além da punição, em torno de R$ 53, a infração gera perda de três pontos na carteira. A autuação é feita pelos agentes de trânsito e pela Polícia Militar. Depois de estacionar o veículo na área da Zona Azul, o condutor tem 10 minutos de tolerância para regularizar o veículo. Após esse tempo, ele é notificado. Se continuar irregular, ele recebe a multa e pode ter o carro guinchado.

Depois de quase um mês de funcionamento, o estacionamento rotativo já tem a aprovação de comerciantes e da maioria dos moradores. O maior benefício citado é o aumento da oferta de vagas na região central. Quem antes precisava rodar por mais de quarenta minutos para encontrar um local para estacionar, se surpreende ao trafegar por vias como a Avenida Dr. Lisboa e a Praça Senador José Bento e avistar vagas desocupadas em horários de picos.

“A Zona Azul foi proposta para democratizar os espaços públicos de estacionamento. Felizmente, conforme depoimentos que ouvimos das pessoas, este objetivo foi alcançado”, diz o secretário de Transporte e Trânsito, Luiz Carlos Delfino.

A Zona Azul abrange 1,5 mil vagas em 36 vias do hipercentro. Nelas, o tempo máximo estabelecido para estacionamento é de 2 horas. Cada hora sai por R$ 2. É possível adquirir créditos nos mais de 80 pontos de vendas espalhados pelo comércio ou a partir da inserção de créditos em um cartão magnético, comercializado nos mesmos locais. Com o cartão magnético, o condutor ganha a opção de inserir créditos via celular, por meio de SMS ou utilizando um aplicativo disponível para smartphones que operam no sistema Android. O valor do estacionamento é debitado nos créditos do aparelho utilizado para fazer a operação.

Em todos os casos, o crédito adquirido é associado à placa do veículo, que fica registrada no sistema online da Zona Azul. Munidos de tablets, os monitores escalados para fiscalizar o estacionamento rotativo verificam a situação dos automóveis no sistema, consultando o número das placas. Com o sistema totalmente informatizado, além da maior praticidade para operadores e usuários, a ausência de fluxo de moeda no estacionamento aumenta a segurança e reduz o risco de fraudes.