PousoAlegrenet

Menu

Em meio a críticas, Conselho Curador é nomeado para Fundação Tuany Toledo

Membros terão como primeira missão a confecção do estatuto da entidade que vai assumir a administração do Museu Histórico Municipal Tuany Toledo, Escola do Legislativo, TV e Rádio Câmara

Tomaram posse na tarde desta segunda-feira (18), os 11 membros que vão compor o Conselho Curador da Fundação Tuany Toledo. A posse marca o primeiro passo para a criação da entidade. Caberá aos conselheiros elaborar o estatuto social, que estabelecerá as regras para o funcionamento da instituição.

Os membros do Conselho Curador estão divididos em dois grupos, com assentos natos e rotativos. Os membros natos terão presença no Conselho enquanto ocuparem os cargos públicos com representatividade no órgão. Já os membros rotativos, com representantes da comunidade e de servidores efetivos da Câmara, terão mandatos de quatro anos, renováveis por igual período. Este grupo possui representantes de segmentos ligados à Cultura, à Educação e à Comunicação Pública.

Sobre a Fundação Tuany Toledo
A Fundação Tuany Toledo teve sua criação autorizada por projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores no final de maio. A entidade vai assumir a administração do Museu Histórico Municipal Tuany Toledo, Escola do Legislativo, TV e Rádio Câmara. Segundo o projeto, a ideia é conferir autonomia financeira e administrativa aos departamentos, a fim de promover a história, a cultura e a comunicação pública de qualidade a partir de uma gestão democrática, comandada por um conselho curador com representantes da sociedade civil organizada e do poder público.

Pessoas ligadas a cultura protestaram na Câmara (Foto: Reprodução Facebook)

Pessoas ligadas a cultura protestaram na Câmara (Foto: Reprodução Facebook)

Críticas
Aprovada as pressas, sem ampla divulgação e discussão, a criação da Fundação tem sido muito questionada e criticada, principalmente por pessoas ligadas ao meio culturas. A principal reclamação é de que a fundação seria um “cabide de empregos”. Outros pontos são: os altos repasses que terão que ser feitos a fundação, que poderão ser superiores a 2,4 milhões ao ano; o suposto poder de influência do atual presidente da Câmara, Mauricio Tutty, nas nomeações; O prazo prorrogáveis para oito anos do conselho e do presidente da fundação; e o destino dos bens que podem não retornar ao poder público em caso de encerramento da fundação.

Confira os nomes dos membros do Conselho Curador empossados nesta segunda-feira (18):

MEMBROS NATOS:
Presidente da Câmara
Vereador Maurício Tutty
Chefe de gabinete da Prefeitura
Vagner Márcio de Souza
Primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara
Vereador Gilberto Barreiro
Secretário Municipal de Cultura
José Clévio

MEMBROS ROTATIVOS:
Cadeira 1 – Educação
Adriano Barreiro
Cadeira 2 – Educação
Leila Silva Tourinho
Suplente: Adriana Cardoso
Cadeira 3 – Comunicação
Professor Wellington de Oliveira
Suplente: Emanuela Barreto
Cadeira 4 – Cultura
Mariana Sayad
Suplente: Jesse Alvarenga
Cadeira 5 – representante do Sebrae
Tata Beraldo
Suplente: Neusa Arruda
Cadeira 6 – servidor da Câmara
André Albuquerque
Suplente: Geovan Ferraz
Cadeira 7 – servidor da Câmara
Nicholas Ferreira da Silva
Suplente: Tiago Reis da Silva