PousoAlegrenet

Menu

Hélio assume que votou sem ler pela Fundação e Autarquia e ataca Tutty: ‘Fama de Bandido’

Discussão começou após corte de cargos. Ambos da base de apoio ao governo Perugini, Presidente Maurício Tutty e o vereador Hélio da Van trocaram criticas e acusações. Eles alardearam sobre acordos e vantagens recebidas. Ambos disseram que irão entrar na justiça. Assista discussão

Vereador Hélio da Van (REDE) e o presidente da casa, Maurício Tutty (PROS), trocaram ofensas, críticas e acusações

Vereador Hélio da Van (REDE) e o presidente da casa, Maurício Tutty (PROS), trocaram ofensas, críticas e acusações

Após a derrota nas eleições e o corte de cargos na Câmara e Prefeitura, o clima ficou pesado dentro do grupo de apoio da atual gestão. Durante o uso da tribuna nas últimas sessões, o vereador Hélio da Van (REDE) e o presidente da casa, Maurício Tutty (PROS), trocaram ofensas, críticas e acusações.

A discussão começou após o corte de cargos na Câmara. Na sessão do dia 11, Hélio da Van criticou o corte dos assessores. Depois pediu desculpas pelo seu mandato e por ter feito parte do grupo do atual governo. Afirmou ainda que votou a favor de projetos, mesmo desconfiando, por acreditar no grupo, e que a Fundação e Autarquia deveriam ser alvos do Ministério Público.

No final da mesma sessão, Maurício Tutty criticou Hélio da Van, dizendo que o vereador deveria devolver o que recebeu da Câmara, e que ele pouco produziu além do discurso. Tutty ainda afirmou que Hélio pedia vantagens, que sempre era atendido, e continuava pedindo.

Como havia deixado a sessão após sua fala, Hélio não usou seu direito de resposta. Na sessão do dia 18 voltou a usar a tribuna, e engrossou o tom contra Mauricio Tutty, o qual disse ter suposta ‘fama de bandido’ e afirmou que entrará na justiça contra o presidente.

Ainda em sua fala, Hélio assumiu não ter lido os projetos que criava as polêmicas Fundação Tuany Toledo e Autarquia de Trânsito, do qual votou a favor, e que segundo ele serão apenas cabides de emprego. Hélio prometeu que ira propor ainda neste mandato a extinção da Fundação, e que com seu fim, junto com o da Autarquia, ‘este grupo estará morto’, disse.

Após as criticas direcionadas a ele, Tutty, que teria direito de resposta, não se pronunciou sobre o assunto. Na sessão desta terça-feira (25), também não voltou a falar do caso. O PousoAlegrenet procurou o presidente da Câmara, que disse apenas que ira abrir um processo na justiça comum contra o vereador Hélio da Van com pedido de indenização.

Ainda no final da sessão desta terça-feira (25), o corregedor da Câmara, vereador Braz Andrade (PPS), pediu que o vereador Hélio da Van se retratasse pela conduta. Procurado pelo PousoAlegrenet, Hélio disse que consultará seu advogado: “Tenho prazo 7 dias para me defender. O que eu vi hoje nada mais foi do que algo, no meu entender, arquitetado entre o presidente e corregedor” disse.

Veja toda a discussão no vídeo


Warning: file_put_contents(/home/pousonet/public_html/wordpress73dvc/../aux_cache/noticia/2016/10/helio-assume-que-votou-sem-ler-pela-fundacao-e-autarquia-e-ataca-tutty-fama-de-bandido/index.html): failed to open stream: Arquivo ou diret�rio n�o encontrado in /home/pousonet/public_html/wordpress73dvc/wp-content/plugins/htmlcache_with_wpcache/htmlcache_with_wpcache.php on line 378