PousoAlegrenet

Menu

Simões decreta intervenção no instituto de previdência em Pouso Alegre

Prefeito afastou o diretor e outros cargos do IPREM e nomeou interventor. Decreto diz que objetivo é assegurar princípios de eficiência administrativa e apurar regularidades

Iprem foi alvo de busca e apreensão pela PF

O prefeito de Pouso Alegre Rafael Simões (PSDB) decretou nesta segunda-feira (23) uma intervenção no Instituto de Previdência Municipal (IPREM).

Segundo o decreto, a decisão foi baseada na sonegação de documentos pelo IPREM à Prefeitura, irregularidades atribuídas ao IPREM no Sistema de Informações dos Regimes Públicos de Previdência Social – CADPREV, e a apreensão de documentos pela Polícia Federal na operação ‘Encilhamento’, que investiga fraudes em aplicação de recursos em fundos de investimentos.

Ainda de acordo com o decreto, o objetivo é assegurar princípios de eficiência administrativa e apurar regularidades.

O prazo da intervenção é de 180 dias. Para o cargo de interventor foi nomeado o Assessor de Assuntos Estratégicos, Alberto Maia Valério.

Pelo decreto, ficam afastados o Diretor-Presidente da autarquia, o Procurador-Geral do IPREM, o Controlador-Interno e os ocupantes de cargos e funções na Diretoria Executiva, no Conselho Deliberativo, no Conselho Fiscal e no Comitê de Investimentos do IPREM.

O Diretoria do IPREM foi procurada, mas até o momento desta publicação não deu retorno.