PousoAlegrenet

Menu

Bandidos incendeiam mais dois ônibus em Pouso Alegre

Novos atentados aconteceram no bairro Recanto do Fernandes e Belo Horizonte

Ônibus incendiado no bairro Recanto dos Fernandes (Foto: PousoAlegrenet)

Mais dois ônibus foram incendiados por bandidos em Pouso Alegre. Neste domingo (3) um ônibus já havia sido incendiado. Na tarde desta segunda-feira (4), outros dois crimes foram cometidos no bairro Recanto do Fernandes e Belo Horizonte.

Recanto dos Fernandes

Segundo a polícia, no início da tarde três indivíduos deram sinal de embarque, e após o veiculo parar, mandaram os oito passageiros saírem do veículo. Chegou a ter um disparo de arma de fogo.

Eles atearam fogo no ônibus. As chamas atingiram um veículo que estava parado ao lado e a parte da frente de uma casa. Os dois veículos ficaram completamente destruídos. A chamas chegaram a atingir a rede elétrica.

Os bombeiros foram ao local e conseguiram evitar que o fogo atingisse as casas. Ninguém fico ferido. Até o momento desta publicação, ninguém havia sido preso.

Bairro Belo Horizonte

O ataque aconteceu por volta das 15 horas desta segunda-feira (4). Dois bandidos armados pararam o ônibus, e mandaram cobrador, motorista e os dois passageiros descerem do veículo. Eles atearam fogo no ônibus, que acabou completamente destruído. Ninguém ficou ferido.

Jardim Redentor (domingo)

Neste domingo (3) um outro ônibus foi incendiado na cidade. O caso acontece no bairro Jardim Redentor. bandidos também entraram no ônibus e mandaram os passageiros saírem. O fogo acabou sendo apagado por moradores usando um balde de água. Apenas algumas poltronas e uma janela foram atingidos.

Mais de 13 cidades Mineiras sofreram atentados nos últimos dias

Pelo menos 13 cidades mineiras registraram queima de veículos de transporte coletivo nos últimos dias. No Sul de Minas houve atentados em pelo menos oito cidades. São elas: Itajubá, Pouso Alegre, Monte Santo de Minas, Alfenas, Guaxupé, Passos, Varginha e Poços de Caldas.

Em alguns casos, bandidos avisaram que os atentados estariam sendo realizados a mando de uma organização criminosa que atua em todo o país. Além de Minas Gerais, outras atentados foram registrados em outros estados.