PousoAlegrenet

Menu

Em greve, Professores da rede estadual protestam em Pouso Alegre contra parcelamento do salário

Sind-Ute diz que movimento não será interrompido até o pagamento integral da primeira parcela do pagamento

Foto: PousoAlegrenet

Revoltados com o parcelamento do salário, professores da rede estadual de ensino protestaram na tarde desta quinta-feira (21) em Pouso Alegre. O protesto teve início ás 16h na Praça Senador José Bento, com uma passeata iniciada as 18h. Além de professores, servidores e estudantes participaram do ato.

Foto: PousoAlegrenet

Foto: PousoAlegrenet

De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-Ute), é injusto que o restante dos servidores ja tenham recebidos e eles não. “As datas de pagamento para a educação fogem completamente da política praticada para as demais categorias do funcionalismo”, escreveu o sindicato.

Nesta quinta-feira (21), o governo do estado realizou o pagamento de R$1.500,00 como restante da primeira parcela dos salários, mas apenas para parte da categoria da educação. 

Foto: PousoAlegrenet

De acordo com o Sind-Ute, a primeira parcela referente ao salário dos professores ativos foi paga, conforme acordo com o governo; na maioria dos casos, o valor acertado corresponde a 50% dos salários. O descumprimento do acordo, segundo do sindicato, se refere ao pagamento dos professores aposentados, que receberam R$ 500, independente do valor total da aposentadoria.

O Sindicato informou que exige que o pagamento da primeira parcela seja integral e para toda a categoria, sem distinção. E por isso, manterá a suspensão das atividades.