PousoAlegrenet

Menu

Hotel e Danceteria Maracanã vai a leilão em Pouso Alegre

Estabelecimento que marcou época em PA foi avaliado em R$ 18 milhões, e agora pode ser arrematado por R$ 9,25 milhões; Primeiro leilão não teve interessados

Hotel será leiloado (Foto: Google Street View)

O Hotel e Pousada Maracanã, um dos estabelecimentos mais famosos da história de Pouso Alegre, está sendo leiloado. O empreendimento conta com restaurante e um salão de festas, que durante décadas foi a principal danceteria em Pouso Alegre, e marcou a vida de muitos pousoalegrenses.

Danceteria Maracanã marcou época em Pouso Alegre

As instalações estão divididas em dois lotes para o leilão. Um tem o hotel, restaurante e salão de festas. O outro tem a chácara, com as casas, quadras de tênis e campos de futebol.

O primeiro leilão aconteceu na quarta-feira passada (6), mas não houve interessados. O lance mínimo para o lote do hotel era de R$ 18,5 milhões, valor pelo qual o imóvel foi avaliado. Já para a chácara era de R$ 5,4 milhões.

Hotel vai a leilão (Foto: Reprodução Leiloes Judiciais MG)

Para o segundo leilão, que acontece na próxima terça-feira (19), o lance mínimo cairá para R$ 9,25 milhões no lote do hotel, e R$ 2,7 milhões no lote da chácara.

Os lances já estão abertos e podem ser feitos pelo link ou na sede da justiça federal em Pouso Alegre (R. Santo Antônio, 105, Centro).

Segundo o edital do leilão, o valor total das dívidas pelo qual os dois lotes, Hotel e Cantina Maracanã, está sendo leiloada, é de R$ 434 mil.

Danceteria marcou época

Localizado no bairro São João, a Danceteria Maracanã marcou época em Pouso Alegre no final dos anos 80 e nos anos 90. Relembre no vídeo abaixo feito pelo PousoAlegrenet:

O declínio

A partir dos anos 2000, a danceteria caiu em declínio. O estopim aconteceu em 2013, quando um jovem foi assassinado com um tiro a queima roupa dentro da danceteria. O hotel foi condenado pela justiça a pagar R$ 80 mil pela morte.

Michael Douglas Miranda, tinha 20 anos e foi morto dentro de danceteria (Foto: Reprodução EPTV / Erlei Peixoto)