PousoAlegrenet

Menu

Planalto assina contrato e pretende assumir transporte coletivo de Pouso Alegre em março

Empresa trabalhará com a Princesa do Sul para realizar a transição do transporte coletivo

Vice-prefeito Dr Paulo, o prefeito Rafael Simões, e o diretor da Planalto Roberto Torres (Foto: PousoAlegrenet)

O prefeito de Pouso Alegre Rafael Simões assinou na manhã desta terça-feira (11) o contrato com a ganhadora da licitação para o transporte coletivo na cidade.

Pelo contrato, a empresa Planalto tem agora 180 dias para assumir o transporte público na cidade, mas segundo o diretor da empresa Roberto Torres, a empresa pretende iniciar a operação com 90 dias, já em março.

Até lá, a Planalto e a Princesa do Sul devem trabalhar juntas para realizar a transição. Durante a reunião, Simões e Torres agradeceram ao diretor da Princesa do Sul, Rogério Bertolucci, por abrir questões administrativas possibilitando o encurtamento do prazo para a Planalto assumir o transporte.

“Recadastrar tudo, todo o sistema bilhetario do município, ia levar muito tempo, ia delongar esse prazo, e poderia penalizar a população”, explicou Torres.

Vereadores e diretor da Princesa do Sul também estiveram na reunião (Foto: PousoAlegrenet)

O diretor da Princesa do Sul comentou o novo momento da empresa: “A Princesa do Sul ficou 35 anos, viu que a hora chegou, e vamos partir para novos negócios em fretamento, para continuar com ônibus. Torço pelo transporte público de Pouso Alegre”, disse Rogério.

Segundo o diretor da Planalto, os pousoalegrenses podem esperar muita qualidade: “Temos uma meta, que vamos cumprir, de fazer de Pouso Alegre o nosso cartão de visita, como a cidade mais moderna de transporte do país. Tudo que há de tecnologia e voltado a beneficiar o usuário, vai ser aplicado aqui em Pouso Alegre”, disse Torres.

A assinatura foi comemorada pelo prefeito: “Era um proposta nossa de campanha fazer essa licitação. Era um calcanhar de Aquiles que a prefeitura tinha em relação ao transporte público”, comemorou Simões.

A Planalto terá que trazer 56 ônibus novos, que deverão ser comprados pela empresa. O contrato tem duração de 20 anos.

Segundo a empresa, no final de fevereiro deverá ser realizado um evento no centro da cidade, onde usuários poderão conhecer toda a frota e o sistema.