PousoAlegrenet

Menu

Casal que matou homem a tiros em Pouso Alegre é condenado a mais de 10 anos de prisão

Mulher teria participado de crime contra ex-amante, com ajuda do então namorado. Réus confessaram o crime, mas alegaram legítima defesa

Reginaldo Pereira Venâncio e Marline Souza Costa quando presos em Urberlândia (Foto: Arquivo / Reprodução Blog do Airton Chips)

Um julgamento nesta segunda-feira (15) condenou a mais de 10 anos de prisão um casal que matou um homem em Pouso Alegre. O crime aconteceu em outubro de 2016.

Reginaldo Pereira Venâncio e Marline Souza Costa foram condenados respectivamente a 13 anos e meio, e 12 anos e meio de prisão. Eles confessaram ter matado o borracheiro Antônio Fernando de Araújo, que na época tinha 37 anos.

Os dois respondiam por homicídio, com agravante de motivo fútil e emboscada. Uma das filhas informou que o pai recebia ameaças de morte, o que foi contestado pelos acusados, que alegaram ter agido em legítima defesa.

O corpo de Antônio Fernando de Araújo foi encontrado às margens da Rodovia Fernão Dias, na região do bairro Cruz Alta, zona rural de Pouso Alegre. A perídia apontou que os disparos atingiram a cabeça e as costas da vítima. No veículo da vítima também havia marcas de tiros.

O casal foi preso ainda em Urberlândia (MG) após investigações da Polícia Civil. Segundo a polícia, a vítima não teria aceitado o fim do relacionamento com a mulher, que teria planejado o crime, executado pelo então namorado dela.

Reginaldo e Marline ja estavam presos no presídio de Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí (MG), respectivamente.