PousoAlegrenet

Menu

Homem tem a perna quebrada por ex-sócio em Pouso Alegre

Um agressor usou uma barra de ferro para golpear o homem enquanto o outro agredia a mulher

Casal foi agredido com barra de ferro por irmãos (Foto: Redes Sociais)

Um homem de 36 anos teve a perna quebrada depois de ser atingido por golpes de barra de ferro na noite de domingo (16) em Pouso Alegre.

Segundo a Polícia Militar, E. G. S., um tatuador de 36 anos e sua esposa, J. C., a body piercing de 30 anos, circulavam de carro pela rua Tenente Anísio Prado Fonseca, no bairro Jardim Yara quando foram fechados pelo veículo de seu ex-sócio.

R. F. de 35 anos e seu irmão, D. F., de 30 anos, ex-sócio de E. G. S. saíram do carro e começaram a agredir o casal.

Segundo J.C, que preferiu não ser identificada por temer pela vida, ao descer do carro, D. começou a agredi-la enquanto R. usou uma barra de ferro para quebrar os vidros e amassar o veículo.

Em seguida, o homem (que segundo ela, mora em Taubaté e trabalha como mecânico), arrancou a chave do contato, jogou em um terreno baldio e começou a golpear seu marido.

A agressão só foi interrompida depois que a vizinhança ouviu os barulhos e se aproximou dizendo que haviam acionado a polícia.

E.G.S. teve a perna quebrada durante a agressão, além de outras escoriações pelo corpo. J.C. levou socos, chutes no rosto e cortes ocasionados pelos estilhaços dos vidros.

O casal foi socorrido pelo SAMU e encaminhado para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio. A mulher recebeu alta e o marido permaneceu internado.

A vítima ainda relatou que os irmãos fizeram várias ameaças de morte durante as agressões e que fugiram levando 800 reais que ela tinha na bolsa. Segundo ela, o crime foi uma tentativa de homicídio e agora, ela teme pelo marido e pelos filhos.

A motivação, segundo a mulher, seria um desacordo comercial em razão de uma sociedade em um estúdio de tatuagem no Centro de Pouso Alegre que não deu certo.

Os agressores fugiram e ainda não foram localizados. EGS continua internado.