PousoAlegrenet

Menu

Polícia prende dois suspeitos de matar jovem acusado de falso estupro no Sul de Minas

Polícia acredita que sete indivíduos cometeram o crime; Jovem foi morto com requintes de crueldade

Dois suspeitos foram presos

Dois homens foram presos suspeitos de participar do assassinato de um jovem acusado falsamente de estuprar a enteada em São Gonçalo do Sapucaí (MG). Outros dois suspeitos identificados pela Polícia encontram-se foragidos.

Segundo a Polícia Civil, o crime teria sido cometido com requintes de crueldade por cerca de sete indivíduos que se intitualam como justiceiros. Em tese, o motivo seria o estupro.

Relembre o caso

Moisés Nicolau, de 20 anos, estava desaparecido há um mês (Foto: Redes Sociais)

A Polícia Civil encontrou na manhã da segunda-feira (3) em São Gonçalo do Sapucaí (MG), o corpo de um jovem que estava desaparecido apos ser acusado de estuprar a enteada, de 4 anos. O corpo de Moisés Nicolau, de 20 anos, estava enterrado.

Moisés estava desaparecido a cerca de um mês, quando sofreu a acusação de estupro. A família relatou que foi informada que ele teria sido espancado até a morte, como punição.

A acusação de estupro aconteceu após uma vizinha alegar ter visto o homem vestir as roupas na criança. Dias depois, o Laudo do Instituto Médico Legal apontou negativo para a suspeita de estupro.

Nesta segunda-feira (3), uma denúncia anônima ajudou a Polícia a encontrar corpo do jovem. Após 15 horas de buscas e escavações, o corpo foi encontrado em uma cova rasa, próximo ao Rio Sapucaí.