PousoAlegrenet

Menu

Ladrão é preso após tentar assaltar casa e agredir vereador em Pouso Alegre

O vereador Bruno Dias conseguiu segurar o ladrão até poucos instantes antes da chegada da PM. Bandido fugiu mas foi pego pelos policiais

Ladrão foi preso após assaltar casa de vereador

Um jovem de 21 anos foi preso após assaltar a casa do vereador Bruno Dias na noite deste domingo (30) no bairro Santa Rita 2 em Pouso Alegre. Ao PousoAlegrenet, Bruno Dias contou o que aconteceu.

O vereador disse que foi a parte de fora da casa para ver o motivo pelo qual seu cachorro estava latindo, quando se deparou de frente com o bandido mexendo em seu carro. Neste momento, o ladrão foi para cima do vereador fingindo estar armado (ele estava com um pano na mão).

“Eu pensei nos meus filhos, e na minha esposa, e reagi tentando imobilizar a mão dele. Daí comecei a bater nele, e percebi que ele não estava armado”, contou Bruno.

Vereador Bruno Dias teve a casa assaltada neste domingo (Foto: Reprodução Facebook / Bruno Dias)

Em meio a luta, o ladrão tentou fugir pulando um muro para a casa ao lado, mas tomou um choque na cerca e caiu de volta para dentro da casa.

“Ele tentou correr e eu imobilizei ele. E pedi para ligar para a polícia. Na medida que o tempo foi passando ele foi ficando desesperado e se debatendo, e conseguiu se soltar, e eu caí e bati a cabeça no chão”, conta.

Segundo o vereador, nesse momento o bandido pegou sua cabeça e começou bate-la contra o chão, e seu filho, vendo o pai ser agredido, deu uma facada nas costas do ladrão para defendê-lo.

“Dai ele começou a bater minhas costas e a cabeça no chão, e meu filho veio e deu uma facada nas costas dele. Nisso a polícia pulou dentro da minha casa. E aí ele pulou o muro [de trás] e correu para uma área de mata do Serra Morena. Mas a polícia cercou e conseguiu prender ele”.

O jovem Daniel de Souza Claro, de 21 anos, foi preso pelos policiais militares. Ele foi levado para o hospital e depois para a delegacia de polícia. Segundo a PM, desde que se tornou maior, ele não tem passagens pela polícia.

Bruno foi encaminhado para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio para exames. Ele teve alta, e passa bem.