PousoAlegrenet

Menu

Casas de bairro clandestino ficam perto de alagar e lixo de aterro vai para o Rio Sapucaí em Pouso Alegre

Área tem sido aterrada com lixo e invadida. Secretaria de planejamento e meio ambiente informou que a área é de proteção ambiental, e que não se poderia realizar qualquer construção no local

Água quase alcançou algumas casas do bairro clandestino

Casas do bairro clandestino ‘Ipiranga Olaria’ em Pouso Alegre ficaram bem perto de alagar nesta quinta-feira (13) devido ao aumento do nível do Rio Sapucaí.

Imagens de drone enviadas ao PousoAlegrenet mostram também uma grande quantidade de lixo e entulho, que estaria sendo usado para aterrar a área, boiando nas águas do rio. Em uma das imagens dá para ver um caminhão que acabava de despejar entulhos. Em outra é possível ver os urubus sobrevoando a área.

Pelas imagens é possível ver um caminhão despejando entulho para aterrar área

Urubus sobrevoavam área aterrada

Procurada, a secretária de planejamento e meio ambiente informou que o bairro Ipiranga Olaria é clandestino, ou seja, foi construído sem regularização junto a prefeitura.

A secretaria também informou que esta é uma área de proteção ambiental, e que não se poderia realizar qualquer construção no local.

Bairro fica em área de proteção ambiental próximo ao Rio Sapucaí

Por fim, a secretaria informou que o Ministério Público acompanha o caso e que está tomando as medidas cabíveis.