PousoAlegrenet

Menu

Substituição da guarda por terceirizada deve gerar economia de quase R$ 3 milhões, aponta Prefeitura

Informativo da prefeitura aponta ainda que dos 113 guardas, apenas 17 haviam sido concursados para a função. Guarda terceirizada ainda tem o diferencial de ser armada

Foto: Prefeitura

A prefeitura de Pouso Alegre divulgou nesta segunda-feira (3) um informativo onde aponta que a extinção da guarda municipal e a contratação de uma vigilância armada terceirizada gerou uma economia de mais de 50% nos gastos com vigilância.

Segundo a prefeitura, em 2018 – um ano antes de ser extinta – a guarda municipal com seus 113 membros custou R$ 5,69 milhões. Já a vigilância terceirizada com 92 profissionais armados, custou em 6 meses – julho a dezembro de 2019 – R$ 1,38 milhões. O que em um ano deverá dar R$ 2,76 milhões. A diferença representa uma economia de 52% em relação ao que era gasto.

Guarda Municipal em protesto na câmara (Foto: PousoAlegrenet / Arquivo)

Ainda segundo a prefeitura, quando extinta e substituída pela vigilância armada, a guarda municipal tinha 113 profissionais. Desses, apenas 17 eram concursados para a guarda. Os demais 96, embora também concursados, eram vigilantes remanejados. Não eram, de fato, guardas municipais. Após a extinção eles foram remanejados para funções compatíveis com sua formação e habilidades.

A prefeitura também salientou que a guarda já não atendia seus propósitos de forma satisfatória, e disse que a vigilância armada tem melhores condições de proteger o patrimônio. “Na conjuntura atual, a Guarda Municipal já não atendia de forma satisfatória seus propósitos e necessidades do município, para garantir a integridade do patrimônio público. E não era vantajoso para a municipalidade custear o necessário treinamento e armamento para os integrantes da Guarda, muitos deles prestes a se aposentar”, diz a nota.

Foto: Prefeitura

Ao final do informativo, a prefeitura divulgou comentários de pessoas que trabalham em locais protegidos:

José Celino Soares, tesoureiro da Associação dos Comerciantes do Mercado Municipal: “A contratação da vigilância patrimonial armada melhorou muito aqui no mercadão, porque impôs respeito. A guarda tinha dificuldade de tirar. Os vigilantes impõem mais segurança. Os turistas e frequentadores se sentem mais seguros e os proprietários também. O movimento do mercado melhorou também. As pessoas que visitam o mercado dão os parabéns pela segurança”.

Foto: Prefeitura

Sebastião Pereira Xavier, taxista com ponto na rodoviária e ex-presidente (por mais de 40 anos) do Sindicato dos Taxistas de Pouso Alegre: “A vigilância no Terminal Rodoviário impõe muito respeito. Eles andam na rodoviária toda, olhando o que tem de olhar. Então, parabéns para esta equipe. As pessoas têm mais segurança e os vigilantes conversam com todo mundo, orientam. Está muito melhor.”

Sirlene Fátima de Souza, sócia-proprietária de lanchonete na rodoviária: “Foi muito bom. Nós sentíamos muita insegurança. A segurança melhorou muito. O pessoal comenta, fala das melhorias. Parabéns!”