PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

91% dos casos suspeitos de Covid-19 deram negativo em Pouso Alegre

1.205 casos suspeitos já foram testados: 1.100 deu negativo e 105 positivo. Secretária de Saúde encara número com cautela devido a falsos-negativos. PA é a que mais testa suspeitos no Sul de MG

PróximoAnterior

9 em cada 10 casos suspeitos de Covid-19 em Pouso Alegre deram negativo para a doença e tiveram o caso descartado após exames em laboratório. Os dados são do Boletim Epidemiológico Municipal desta quarta-feira (27/05).

Segundo o boletim, 1.205 casos suspeitos já foram testados com exame laboratorial na cidade, sendo que 1.100 (91%) foram descartados e 105 (9%) confirmados.

Secretária de Saúde encara número com cautela devido a falsos-negativos

Secretaria Municipal de Saúde de Pouso Alegre (Foto: PousoAlegrenet / Arquivo)

A Secretária Municipal de Saúde de Pouso Alegre, Silvia Regina, encara com cautela os números, devido a exames que apresentam falsos-negativos. “O teste rápido negativo não descarta a possibilidade. Temos essa preocupação com esses resultados. Tem gente fazendo vários testes, com resultados contraditórios. Mas isso tem a justificativa do período de coleta”, disse.

PróximoAnterior

Silvia explica que mesmo quando o resultado dá negativo, o paciente é orientado a seguir em isolamento: “Nos caso dos testes negativos, se a pessoa tem os sintomas, nós orientamos da mesma forma o isolamento. Se é de alguma empresa, encaminhamos para o médico do trabalho da empresa. Temos orientado pacientes sintomáticos a fazer o teste dentro do período correto”.

Falsos-negativos é uma das possíveis causas de subnotificação em MG

Os falsos-negativos também tem sido apontado por infectologistas como uma das possíveis causas de uma provável subnotificação de casos de Covid-19 em Minas Gerais. O estado é o segundo com menos confirmações de Covid-19, mas em contrapartida, é o terceiro com mais hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Dados da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, comparando o período de janeiro a meados de Maio de 2020 com 2019, apontam um aumento de 10 vezes no número de casos, e 6 vezes no de mortes, relacionadas a Síndrome Respiratória Grave, que pode entre outras causas, ser causada pela Covid-19.

“A subnotificação não é por falta de exames, nos casos graves. É porque não é fácil fazer diagnóstico 100% preciso para a Covid-19. Na primeira fase da doença, até sete dias, o exame ideal é o PCR. Na segunda fase, é a sorologia. Os exames são feitos, mas a identificação (dos vírus) em laboratório pode ser um pouco falha, seja porque se pediu o exame certo na hora errada, seja porque o laboratório não fez a técnica ideal, seja porque os próprios exames oferecidos têm uma sensibilidade abaixo do ideal”, comenta o infectologista Estevão Urbano, presidente da Sociedade Mineira de Infectologia (SMI), completando que a tecnologia de identificação da Covid-19 é novidade no mundo inteiro.

Pouso Alegre é a que mais testa casos suspeitos no Sul de MG

Mesmo com os falsos-negativos, especialistas orientam que se deve testar ao máximo a população. E no Sul de Minas, Pouso Alegre tem se destacado nesse quesito em relação as outras cidades. Pouso Alegre é a cidade do Sul de Minas que mais testa casos suspeitos de Covid-19.

Segundo os últimos boletins das cidades, Pouso Alegre testou 1.205 casos suspeitos, 9 vezes mais casos que Poços de Caldas (131), e 2 vezes mais que Varginha (478).

Analisando os dados, fica mais evidente que Poços e Varginha tem optado por testar casos quando são mais graves, do que Pouso Alegre. Enquanto em Pouso Alegre, o percentual de resultados positivos para Covid-19 foi de 9%, em Varginha foi de 12%, e em Poços de Caldas de 35%.

A opção por fazer mais testes é da prefeitura de Pouso Alegre. Enquanto muitas cidades aguardaram chegar os testes enviados pelo Ministério da Saúde, a prefeitura não aguardou e adquiriu 2.000 testes, e além disso está adquirindo por demanda os exames junto a laboratórios.