PousoAlegrenet

Menu

Cidades Sul-mineiras tomam medidas devido a feriado adiantado em SP

Diversas cidades já definiram a instalação de barreiras sanitárias. Monte Verde liberou funcionamento de restaurantes e hotéis, e visita de turistas, mas deve fazer controle de quem entra na cidade

Entre as medidas para evitar o acesso de turistas de São Paulo está a restrição total do acesso nas cidades (Foto: Ascom Prefeitura de Ouro Fino)

Diversas cidades Sul-mineiras adotaram medidas para evitar o fluxo de turistas nos próximos dias. A reação das prefeituras mineiras foi motivada pelo adiantamento dos feriados na capital paulista para aumentar o isolamento social.

A folga começa nesta quarta-feira (20) e poderá durar até a próxima segunda-feira (25) se o feriado de 9 de julho também for adiantado. Com isso, diversas cidades adotaram medidas para evitar que os paulistanos passem o feriadão nas cidades, mesmo se forem parentes dos mineiros.

A medida mais drástica é o fechamento das entradas das cidades com barreiras. Ouro Fino já fechou as entradas e não vai receber turistas e veículos com placas de São Paulo até o dia 25 de maio.

Estiva, Cambuí, Jacutinga, Borda da Mata e Santa Rita do Sapucaí instalaram barreiras sanitárias. Em Extrema, restringiu a entrada de turistas.

Piranguinho, Congonhal, São Gonçalo do Sapucaí e São Sebastião da Bela Vista fizeram recomendações para que parentes e turistas não procurem as cidades.

Em Camanducaia e no distrito de Monte Verde, 30% da hospedagem está liberada e os bares e restaurantes estão abertos com restrições. As barreiras sanitárias foram instaladas. Segundo a prefeitura, caso haja aumento significativo de turistas, haverá a contenção e permissão de entrada somente para turistas com reserva prévia.