PousoAlegrenet

Menu

Jovens são maioria na fila do Hospital de Campanha em Pouso Alegre, mas quase 100% dá negativo para Covid

Em muitos casos, foi percebido que paciente estava mentindo. O possível motivo seria obter atestado e faltar ao trabalho, ou para fazer o teste por curiosidade. Além de atrapalhar atendimento, jovens correm risco de levar a doença para casa

Jovens são maioria na fila do hospital de Campanha (Foto enviada ao PousoAlegrenet)

Na terça-feira (8) o PousoAlegrenet recebeu a reclamação de um morador indignado com o tamanho da fila para fazer o teste da Covid-19 no Hospital de Campanha em Pouso Alegre. Idoso, obeso e sofrendo com dores devido ao Covid, ele se deparou com uma fila de 9 pessoas a sua frente, a grande maioria, jovens.

“É um absurdo essa situação. O ser humano não tem jeito”, reclamou o morador, que pediu para não ser identificado.

Jovens são maioria na fila do hospital de Campanha (Foto enviada ao PousoAlegrenet)

O PousoAlegrenet conversou com profissionais de saúde que atuam na hospital de Campanha para entender a situação. Segundo eles, quase 100% desses jovens testam negativo para Covid-19. E em muitos casos, os profissionais percebem que o paciente está mentindo sobre o sintomas.

Para eles, um possível motivo é para conseguir um atestado para faltar ao trabalho durante 14 dias, ou matar a curiosidade se já teve Covid fazendo o teste de graça. Só que esses jovens, além de atrapalhar quem realmente precisa e aumentar a carga sobre os profissionais de saúde, também correm o risco de contrair a doença, já que é lá o primeiro local que pacientes com suspeita da Covid vão.

Jovens são maioria na fila do hospital de Campanha (Foto enviada ao PousoAlegrenet)

Procurada, a Secretária de Saúde Silvia Regina comentou a situação: “Nós atendemos todo mundo. E nós até pedimos que procurem o hospital nos primeiros sintomas. Mas tem que ir ao hospital quem realmente tem os sintomas. É um absurdo esse tipo de situação. Eles atrapalham e correm risco de levar a Covid para seus familiares”, comentou Silvia.

Segundo a Secretária, atualmente o Hospital de Campanha tem atendido 150 pacientes por dia. Ela confirmou que a maioria é realmente em jovens, e que quase todos os testes neles tem dado negativo.