PousoAlegrenet

Menu

Jovem que fugiu após matar ciclista em suposto racha em Pouso Alegre ainda não se apresentou a Polícia

Segundo delegado, se confirmado racha, ele poderá pegar de 5 a 10 anos de prisão

Jedielson fugiu da cena do acidente (Foto: Redes Sociais)

Após mais de 3 dias, ainda não se apresentou a Polícia o jovem que matou um ciclista durante um suposto racha na BR-459 em Pouso Alegre. O acidente aconteceu no domingo (4), e o jovem fugiu do local.

Segundo a Polícia Civil, a ocorrência ainda não foi enviada pela Polícia Rodoviária Federal. Após o recebimento, o inquérito deve ser aberto, com previsão de conclusão em 10 dias. Testemunhas serão ouvidas para confirmar se Jedielson Possidônio estava ou não disputando um racha no momento do acidente.

Jedielson e seu Astra (Foto: Redes Sociais)

“Se confirmar as informações da disputa de corrida na rodovia, ele pode pegar uma pena de 5 a 10 anos de prisão, explicou o delegado de trânsito de Pouso Alegre, Doutor Clauber Santos.

O PousoAlegrenet entrou em contato com o advogado de Jedielson, que informou que não irão comentar o caso no momento.

O acidente

O acidente aconteceu no KM 97 da BR-459, em Pouso Alegre, por volta das 15h30 do domingo (4). O veículo Astra, dirigido por Jedielson Possidônio, tentou ultrapassar pelo acostamento um veículo Ford Ka, que transitava normalmente na via, e colidiu de frente com um ciclista. Na sequência ele colidiu com o Ford Ka.

Francisco de Paula Vitor Pereira, de 58 anos, morreu no local (Foto: Redes Sociais)

O ciclista morreu na hora. A vítima Francisco de Paula Vitor Pereira, de 58 anos, morava em frente ao local e estava voltando para casa.

Ninguém mais ficou ferido. Apenas uma passageira do veiculo Astra reclamou de dores no braço, mas nada aparente.

Bicicleta ficou destruída (Foto: PRF)

Jedielson fugiu do local. Segundo testemunhas relataram a Polícia Militar e aos Bombeiros, o jovem de 25 anos disputava um racha contra um veiculo Gol branco no momento do acidente.