PousoAlegrenet

Menu

PM registra boca de urna, transporte irregular, e outros crimes eleitorais na região de Pouso Alegre

Em Senador Amaral, um candidato a vereador foi conduzido a delegacia; Em Congonhal um menor , filho de um candidato, foi apreendido

Foto: PM

Até o início da tarde deste domingo (15) a Polícia Militar registrou diversos crimes eleitorais na região de Pouso Alegre. O crime mais comum foi o de boca de urna.

Em Senador Amaral, o candidato a vereador Evandro Luiz (MDB) foi conduzido a delegacia. Segundo a PM, a denúncia é que ele estaria passando número eleitoral a um eleitor na fila de votação.

Em Careaçu, a PM teve que recolher bandeiras feitas com bambu e um tecido TNT, na cor verde, que representa o Partido Republicado, mesmo sem qualquer identificação de candidato ou partido.

Foto: PM

Em Senador Amaral, uma mulher foi conduzida a delegacia após ter votado duas vezes. É que na segunda vez ela estava acompanhando a mãe, idosa com dificuldades de locomoção, e mesmo com a orientação da mesária para no máximo auxilia-la a chegar na cabine, ela executou o voto.

Em Congonhal, um menor, filho de um vereador, foi apreendido por boca de urna. Ele entregou diversos santinhos a uma outra mulher. Ambos confirmaram o caso.

Em São Lourenço, um mulher também foi conduzida a delegacia por boca de urna. Com ela estava 9 santinhos de um candidato a vereador e prefeito.

Foto: PM

Em Turvolândia, a PM flagrou após denúncia uma van transportando eleitores irregularmente. Eles moram em Monsenhor Paulo mas votam em Turvolândia. O motorista confessou ter sido contratado por um parente de um candidato a prefeito.

Em Cristina, um homem fotografou a urna eletrônica. A Polícia ainda não localizou o autor.

Em São Sebastião da Bela Vista, uma mulher estava tentando convencer eleitores a votar em um vereador distribuindo santinhos, o que caracteriza boca de urna. Foram apreendidos 33 santinhos com a autora.

Em Ouro Fino, um candidato a vereador registrou boletim de ocorrência de que não ordenou os despejos de santinhos nas ruas. Segundo ele, um rapaz foi contratado para fazer a distribuição dos santinhos durante a campanha eleitoral, mas nessa manhã, constatou que eles tinham sido jogados em locais de votação, provavelmente durante a noite.

Em Pouso Alegre, ainda não há informações de ocorrência.