PousoAlegrenet

Menu

Emenda acaba com afastamento remunerado de servidores públicos para serem diretores de Sindicatos em Pouso Alegre

Agora, apenas o presidente do Sindicato poderá pedir afastamento remunerado

Reprodução TV Câmara

Os vereadores aprovaram nesta segunda-feira (21) o fim do afastamento remunerado de servidores públicos para participarem como diretores de Sindicatos em Pouso Alegre. Agora, apenas o presidente do Sindicato poderá pedir afastamento remunerado.

A emenda à Lei Orgânica foi proposta pelo prefeito Rafael Simões (DEM). A justificativa é a compatibilidade de horário, e a economia de recursos.

“Além de pagar pelos afastamentos ainda pagávamos uma conta cara pelas substituições dos cargos de origem. A lei criada na gestão Perugini, criava uma casta privilegiada de servidores que recebendo seus salários, não precisava prestar serviço público, para atender exclusivamente às demandas sindicais. Isso prejudicava o bom atendimento do público, os demais servidores e os cofres públicos”, explicou o líder do executivo na Câmara, Bruno Dias (DEM).

O projeto foi aprovado por 12 votos a 0. Não participaram da Sessão de votação os vereadores Campanha (PP), André Prado (PV) e Dito Barbosa (DEM).

O PousoAlegrenet procurou o Sipromag e Sisempa por meio de sua assessoria jurídica, mas ainda não obteve um comentário sobre a mudança.