PousoAlegrenet

Menu

Homem que confessou duplo homicídio em Silvianópolis estava em liberdade condicional por estupro

Mãe do autor entregou a PM calça com supostas manchas de sangue . Afonso tentou fugir quando viu policiais chegando ao quartel com a calça

Afonso confessou o crime (Foto: Redes Sociais)

O homem que confessou o duplo homicídio em Silvianópolis (MG) havia saído recentemente da cadeia. Segundo a Polícia Militar, Afonso de Jesus dos Reis, de 28 anos, estava em liberdade condicional por crime de estupro cometido em Três Corações (MG).

O empresário Vanderlei Ramos de Paiva, de 60 anos, e o pai dele, Arthur Ramos de Paiva, de 84, foram encontrados mortos na noite desta segunda-feira (11). Segundo testemunhas, Afonso tinha um relacionamento homoafetivo com Vanderlei, que foi candidato a vice-prefeito na última eleição.

Vanderlei e seu pai Artur foram encontrados mortos (Fotos: Redes Sociais)

A PM chegou até Afonso após ouvir as pessoas que estiveram em um festa na casa da vítima no domingo a noite. Essas pessoas identificaram que Afonso teria ficado por último na casa.

Ao ser ouvido pela PM, Afonso entrou em contradição quanto ter ficado por último na casa, mudando suas versões. Disse que sua mãe confirmaria sua versão, o que não aconteceu.

A mãe de Afonso disse que o filho só chegou em casa na manhã da segunda-feira. E que ele chegou desesperado, retirando e escondendo uma calça jeans que não era dele. Na calça havia manchas supostamente de sangue.

Afonso tentou fugir assim que viu os policias chegarem no quartel com a calça, mas foi contido, e confessou o crime.

Segundo a confissão de Afonso, o motivo do crime seria um desentendimento devido um comentário feito por Vanderlei, que foi enforcado com um pedaço de pano. Ainda segundo o autor do crime, o pai de Vanderlei ouviu o barulho e foi até o local com uma faca em mãos, e então Afonso o desarmou, o agrediu com socos e chutes, e também o enforcou com um pedaço de pano.

Afonso foi levado para a delegacia de Polícia Civil e será encaminhado para o presídio de Santa Rita do Sapucaí (MG). Os corpos de Vanderlei e Arthur foram sepultados no final da tarde desta terça-feira (12) em Silvianópolis (MG).