PousoAlegrenet

Menu

União Química iniciará produção de vacina russa contra Covid-19 ainda este mês e pedirá uso emergencial

Caso a Anvisa aprove o pedido de uso emergencial, a farmacêutica poderá oferecer o imunizante no Brasil já no próximo mês

Fernando de Castro Marques (Foto: Divulgação)

A União Química informou que entrará com pedido de uso emergencial da vacina russa Sputnik V na segunda quinzena de fevereiro. Mas segundo o presidente Fernando de Castro Marques, a produção já deve ter início na segunda quinzena de janeiro. As informações são do Valor Econômico.

A fabricação acontecerá na unidade de biotecnologia da farmacêutica em Brasília, com capacidade para 8 milhões de doses mensais. O envasamento será em Guarulhos.

Caso a Anvisa aprove o pedido, a farmacêutica poderá oferecer o imunizante no Brasil já no próximo mês. “O banco de células já chegou ao país. Com isso, podemos dar início a fabricação da vacina”, revelou.

Sputinik-V (Foto: Divulgação)