PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu

Câmara aprova adesão de Pouso Alegre a consórcio para compra de vacinas caso governo federal não cumpra PNI

Adesão não significa que prefeitura já poderá comprar vacina. Segundo decisão do STF, compras só poderão ser realizadas caso o governo federal descumpra o Plano Nacional de Imunização

Câmara de Pouso Alegre aprovou adesão a consórcio

A Câmara de Vereadores aprovou na tarde desta quinta-feira (11) a adesão de Pouso Alegre ao Consórcio de Municípios para compra de vacinas contra a Covid-19. A sessão extraordinária foi acompanhada pelo prefeito Rafael Simões e pela secretária de saúde, Silvia Regina.

A aprovação pela Câmara é requisito obrigatório para que municípios participem do consórcio.

Porém, a adesão não significa que prefeitura já poderá comprar vacina. Segundo decisão do STF, compras só poderão ser realizadas caso o governo federal descumpra o Plano Nacional de Imunização ou as doses sejam insuficientes.

Simões falou sobre o combate a Covid

“Desde o primeiro momento estou correndo atrás. Todo mundo sabe da minha relação com a União Química. Tenho contato direto. Tenho agradado o presidente. Mas há uma determinação, que só o governo federal nesse momento pode comprar vacina. Mas o supremo falou, se o governo falhar vocês podem comprar. Então preparamos para esse pior. E pedimos para Deus que isso não aconteça. Porque se a União, com toda a sua força e capacidade não conseguir comprar vacina, o trem vai ficar ruim”, explicou Simões.

Simões alertou mais uma vez para o momento: “Vivemos um momento muito, mas muito difícil. Que achei que teria ficado para trás. A cada dia vem piorando mais. Ontem, só na UPA foram atendidas 300 pessoas. No São João quase 200 e na Policlínica quase 200”, alertou.