PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu
PróximoAnterior

Após reunião, Planalto suspende paralisação e aguarda criação de fundo de auxílio no custeio da tarifa em Pouso Alegre

Planalto apresentará as tabelas de custos da empresa. Empresa reclama do acumulo de prejuízos para atender as linhas e regras determinadas pela prefeitura

PróximoAnterior
Foto: Prefeitura

A Expresso Planalto suspendeu nesta terça-feira (29) a paralisação marcada para a esta quinta-feira (1º de julho) em Pouso Alegre.

A suspenção aconteceu após reunião com a prefeitura. Ela irá encaminhar a Câmara um projeto para criação de um fundo, que auxiliará no custeio da tarifa do usuário e melhorias no transporte coletivo. A Planalto apresentará as tabelas de custos da empresa.

PróximoAnterior

Para aprovação do fundo, a Câmara tem cobrado da empresa uma série de compromissos, como; não haver demissões, retorno integral da frota contratada, manutenção das linhas sociais e gratuidades, manutenção do valor da tarifa até dezembro de 2021, além de melhorias nos índices de qualidade e satisfação.

Ontem, o Diretor de Negócios da Expresso Planalto, Roberto Torres Santana, esteve na Câmara para explicar a situação. Com a queda no número de passageiros, e aumento dos custos, entre eles do combustível, a Planalto tem acumulado prejuízos para atender as linhas e regras determinadas pela prefeitura.

Ele explicou que há dois caminhos a seguir:

  • O da Índia, onde, assim como no transporte clandestino, as empresas são livres para cobrar o que quiser e fazer os horários que quiser, e não são obrigadas a cumprir gratuidades;
  • Ou o modelo europeu, com regras de qualidade, gratuidades e linhas determinadas mesmo com baixa procura. No modelo Europeu, porém, o sistema de transporte acaba tendo que ser subsidiado pelo poder público para não sobrecarregar a tarifa.