PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu

Receita Federal destina R$1,2 milhão em mercadorias apreendidas para 30 entidades beneficentes do Sul de MG

Mercadorias foram apreendidas em operação contra sonegação de impostos

A Receita Federal realiza nessa quinta-feira, 15 de julho, a destinação de mercadorias apreendidas para 30 entidades beneficentes do Sul de Minas. A entrega das destinações será realizada às 11h no Depósito de Mercadorias Apreendidas de Poços de Caldas situado à Rua Nico Duarte 799, Vila Cruz.

Os itens destinados são equipamentos eletrônicos, celulares, videogames, brinquedos e artigos de bazar. Os produtos estão avaliados em R$1.200.000,00 e serão destinados para entidades beneficentes e órgãos públicos de várias cidades do Sul de Minas:

  • em Pouso Alegre: Congregação das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações, Asilo Nossa Senhora Auxiliadora, Prossan-Projeto Social Santo Antônio de Pouso Alegre, Associação de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais em Minas Gerais;
  • em Poços de Caldas: Associação Bem Viver de Apoio a Comunidade de Poços de Caldas, Associação Chácara Santa Clara, Gota de Leite Sinhá Junqueira Lemos, Caixa Escolar do Centro de Educação Infantil do Rotary Club, Associação Criança Feliz, Fundação Gota de Leite de Assistência à criança, Oncopoços- Associação de Apoio a Assistência a pacientes oncológicos;
  • em Alfenas: Serviço de Assistência e Recuperação Adulto e Infância de Alfenas, Associação dos Voluntários Vida Viva de Alfenas, Lar São Vicente de Paulo de Alfenas;
  • em Juruaia: Pastoral de Saúde São Camilo de Lellis de Juruaia, Hospital Monsenhor Genésio de Juruaia;
  • em Três Corações: Associação dos diabéticos de Três Corações;
  • em Itaú de Minas: Fundação Itaú de Assistência Social;
  • em Alterosa: Lar São Vicente de Paulo do Distrito Divino Espírito Santo
  • em São Lourenço: São Lourenço Rugby
  • em Campestre: Lar São Vicente de Paulo
  • em Andradas: Lar da Criança Andradense de Andradas;
  • em Monte Santo de Minas: Bem-me-quer grupo de apoio aos portadores de câncer;
  • em Lavras: Núcleo Assistencial Casa do Vovô
  • em Campo Belo: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais
  • em Passos: Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Passos,
  • em São João Batista do Glória: Hospital de São João Batista do Glória
  • Município de Caxambu,
  • Município de Monsenhor Paulo e
  • Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

Interesse Social

O objetivo das destinações é que as mercadorias, que foram apreendidas nas operações de fiscalização realizadas pela Receita Federal, sejam utilizadas para atender o interesse público e social.

“Essas mercadorias foram importadas de forma irregular, sem o recolhimento dos impostos devidos, que servem para financiar o estado, ou seja, os investimentos em saúde, educação, saneamento básico. Ao destiná-las estamos revertendo recursos em benefício de órgãos públicos e de entidades que atuam junto à população nessas áreas, é uma forma de recuperar os valores dos impostos sonegados.” – explica o delegado da Receita Federal no Sul de Minas, auditor-fiscal Michel Lopes Teodoro.

O analista tributário Edir Simões Junior, responsável pelas destinações de mercadorias, destaca que as destinações também são importantes pois reduzem o custo de armazenagem dos itens no depósito e evitam que as mercadorias se tornem obsoletas.

Estarão presentes no ato da entrega o delegado da Receita Federal em Varginha, auditor-fiscal Michel Lopes Teodoro; o chefe da agência da Receita Federal em Poços de Caldas, analista tributário Edgar Mollo Filho; o responsável pelo Depósito de Mercadorias Apreendidas, analista tributário Edir Simões Junior e os representantes das instituições beneficiadas.