PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Após arrastão no Serra Morena, construções no Astúrias também tem fios de cobre furtados em Pouso Alegre

Onda de furtos têm sido registrada desde o fim de semana; A Polícia Militar pede que população denúncie e faça o registro das ocorrências, e também evite comprar produtos de origem desconhecida

PróximoAnterior
Padrões de energia são furtados nos Astúrias | Foto cedida por moradores

Após um arrastão no bairro Serra Morena, agora foi a vez do bairro Astúrias em Pouso Alegre se tornar alvo de furtos de fios de cobre. Segundo moradores, ao menos 4 obras foram furtadas no bairro na madrugada desta quinta-feira (14).

Mas segundo a PM, até o momento, apenas 1 morador registrou boletim de ocorrência. Nela foram furtados 20 metros de fio de cobre, um rádio e um forno elétrico. Em outra casa próxima, um morador informou que tambem teve 20 metros de fio de cobre furtados.

Foto cedida por moradores

Uma onda de furtos similares foi registrada no último fim de semana no bairro Serra Morena. O alvo dos bandidos são fios de cobre em construções, devido a facilidade do furto. A suspeita é que o material seja vendido para empresas de sucata da cidade:

“Eles roubam os fios, que são de cobre, e vendem por Kg nas sucatas da cidade que compram livremente. Não roubam para usar os fios, mas para vender na sucata. O que eu sei é que reciclam e vendem pra indústrias”, afirmou o morador do bairro Serra Morena.

PróximoAnterior

Ainda de acordo com o morador, não haveria uma regulamentação na compra e venda de cobre, o que facilita a ação dos bandidos.

“Uma questão importante é a facilidade com que se vende esse produto. É por isso que é muito fácil, a pessoa rouba e já vendem imediatamente pra sucata. É muito fácil de vender e eles compram, é imediato. Essa falta de comprovação na venda é o que facilita os roubos. Tinha que ter uma regulamentação que dificultasse a venda”, disse.

Após os ocorridos no Serra Morena, a Polícia Militar informou que registrou cinco ocorrências de furtos em obras no local. Segundo moradores, foram pelo menos 8 no último final de semana, mas nem todos fizeram boletim de ocorrência.

A PM reforçou a importância de que as pessoas façam as denúncias pelo 190 e o registro da ocorrência, independentemente do valor do objeto furtado. A ausência de denúncia dificulta o trabalho de apuração e buscas pelos objetos furtados.

A PM ainda alerta que a população não compre produtos de origem desconhecida, pois além de fomentar esse tipo de crime, estão incorrendo no crime de recepção.

O PousoAlegrenet também procurou a Polícia Civil, para saber se há alguma investigação ou prisões realizadas relacionada a esses furtos ou recepções por parte de empresas, mas não obteve retorno até a publicação dessa reportagem.