PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Com base na inflação, Planalto apresenta cálculo para que tarifa suba a R$ 6,07 em Pouso Alegre

Expresso Planalto sugeriu novo valor com justificativa no aumento do preço da gasolina e diesel; Prefeitura informou que está avaliando qual medida será tomada

PróximoAnterior
Foto: Arquivo Prefeitura

A Expresso Planalto informou nesta terça-feira (19) que entregou ao poder público um pedido de reajuste da tarifa de transporte coletivo em Pouso Alegre. Segundo o calculo feito pela empresa, a tarifa deveria ser de R$ 6,07.

Pouso Alegre tem a menor tarifa entre as grandes do Sul de Minas. Em Poços, a tarifa é de R$ 5. Em Pouso Alegre, é de R$ 3,80, porém, o município paga um subsídio a Planalto.

A empresa justifica o aumento devido a inflação e falta de estabilização dos preços dos combustíveis. Segundo a Planalto, houve aumento de 25% no preço do óleo diesel, anunciado no último dia 10 de março pela Petrobras. O aumento do oléo diesel seria de 130% desde o último aumento tarifário, disse a empresa.

Procurada, a prefeitura informou que recebeu o comunicado e que está avaliando qual medida será tomada em relação a tarifa.

Confira a nota completa da Planalto

Diante do aumento da gasolina, diesel e dos produtos de manutenção dos ônibus, a Expresso Planalto informa que entregou um estudo para o poder público mostrando a necessidade do reajuste da tarifa de transporte coletivo urbano, cobrada nos ônibus em Pouso Alegre, que até o momento mantém o menor preço, com valor de R$3,80, enquanto cidades da região, como Poços de Caldas, a tarifa é de R$5.

A empresa ressalta que realizou análises e diante da falta de estabilização dos preços, principalmente dos combustíveis, como o impacto do aumento de 25% do preço do óleo diesel, anunciado no último dia 10 de março pela Petrobras criando um acumulado de mais de 130% no aumento de combustível desde o último aumento tarifário, além dos retumbantes aumentos de insumos e custos na operação, a Expresso Planalto, assim como outras operadoras do ramo, estão fragilizadas economicamente e não conseguem suprir o aumento sem que cause ruptura e chegue à população.

Diante disso, conclui-se que a tarifa, que até o momento não acompanhou essa alta, precisava passar por mudanças e modificada para R$6,07. O reajuste proposto ocorre não só em Pouso Alegre, mas em outras cidades como Jundiaí, Ribeirão Preto, Itaquaquecetuba, cidades de São Paulo e Belo Horizonte, em Minas Gerais e Salvador, na Bahia.

A empresa destaca o objetivo de manter o passe escolar com desconto de 50% do valor fixado, aos estudantes matriculados em estabelecimentos de ensino oficiais e técnicos profissionalizantes reconhecidos ou inscritos pelo Ministério da Educação.

PróximoAnterior