PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

GATE é acionado para desarmar 4 explosivos deixados por bandidos em agência em Itajubá

Área nas proximidades da agência central da Caixa Econômica Federal foi isolada. Ainda há dois explosivos no primeiro e segundo andares da agência

PróximoAnterior
Foto: Polícia Militar

Uma equipe do GATE foi acionada pela Polícia Federal para desarmar 4 explosivos deixados por bandidos na agência central da Caixa Econômica Federal em Itajubá. A área nas proximidades da agência foi isolada. De acordo com informações da Polícia Militar, ainda há dois explosivos no primeiro e segundo andares da agência.

Em entrevista à Eptv a porta-voz da Polícia Militar, Major Layla Brunella esclareceu os fatos ocorridos na noite de quarta-feira (22). “Na noite de ontem, esses infratores concomitantemente atingiram o 56º Batalhão e o fuzilaram com vários disparos de fuzis em toda a frente da unidade e explodiram o interior dessa agência na busca por bens que poderiam ser alvo daquele roubo”, explicou.

De acordo com a porta-voz da PM a ação dos bandidos durou poucos minutos. Os criminosos fugiram do local após o confronto divididos em dois comboios. Uma parte seguiu sentido Pouso Alegre pela BR-459 e outra no sentido a São Lourenço. Segundo a PM, um dos infratores foi preso durante as buscas na zona rural de Brazópolis.

PróximoAnterior

“O confronto inicial foi aqui dentro da cidade de Itajubá na sede do Batalhão logo na sequência desse roubo e posteriormente na zona rural em Brazópolis. Houve a prisão de um dos infratores. Os demais evadiram e permanecem na região”, informou a Major Layla Brunella.

Foto: Polícia Militar

Um civil foi baleado de raspão na perna e 4 policiais militares ficaram feridos durante o confronto. Um dos policiais foi atingido por um tiro de fuzil no braço e passou por cirurgia. De acordo com a PM, ele não corre risco de morte.

A porta-voz da PM informou que alguns infratores possam ter sido baleados no confronto. “A convicção disso vem de veículos que foram abandonados possuem marcas de sangue, sacolas e objetos sujos de sangue”, conclui.

As guarnições da 17ª da região e de Belo Horizonte dominam a área na busca pelos suspeitos. Até o momento não houve a prisão de outros envolvidos.