PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Jovem com leucemia que passará por transplante de medula reencontra o pai após campanha em Pouso Alegre

Vitor reencontrou pai e irmã na madrugada desta segunda-feira (18). O jovem não viajou até Tucuruí (PA) pelo alto risco de contrair Covid na cidade

PróximoAnterior
Foto cedida ao PousoAlegrenet

O jovem com leucemia que passará por um transplante de medula realizou o sonho de reencontrar com o pai em Pouso Alegre. O pai e a irmã de Vitor Santana desembarcaram na cidade na madrugada desta segunda-feira (18).

Vitor havia iniciado uma campanha o começo do mês para arrecadar o valor das passagens para viajar até sua cidade natal e reencontrar a família antes do procedimento.

“A gente recebeu um anúncio da cidade dele via Secretaria de Saúde que lá estava muito ruim de covid. E aí eu já tinha conversado com o Vitor sobre os riscos dele viajar”, disse Renata Couto, uma das organizadoras da campanha, em entrevista ao PousoAlegrenet.

PróximoAnterior

Parte do valor arrecadado foi usado para pagar as passagens de ônibus do pai e da irmã. O dinheiro arrecadado até o momento não foi o suficiente para comprar as passagens de avião. “Ele conseguiu até um pouco mais do valor de 6 mil, só que quando eu fui comprar as passagens, como estava mais perto da data, o preço da passagem subiu e ficaria em R$ 10.300”, explica Renata Couto.

Foram quatro dias de estrada. Durante o deslocamento, o freio do ônibus que levava pai e irmã quebrou. O veículo colidiu com uma carreta nas proximidades de Marabá (PA). Pai e irmã não ficaram feridos no acidente e conseguiram chegar em Pouso Alegre com segurança. “Graças à Deus eles não tiveram nenhum ferimento e ninguém do ônibus também não”, disse Vitor ao PousoAlegrenet.

Ônibus que trazia pai e irmã de Vitor do Pará | Foto cedida ao PousoAlegrenet

“Agradeço primeiramente à Deus e às pessoas que me ajudaram, que Deus possa recompensar a vida de cada um que me ajudam nessa causa. Eu sou eternamente grato por cada pessoa que me ajudou de coração”, agradece Vitor. “Eu queria agradecer muito a todas as pessoas ajudaram e estão nessa luta com o Vitor. Não é fácil passar por um câncer então eu queria agradecer muito e dizer que Deus abençoe a cada um de vocês. Aqueles que sentirem no coração de continuar ajudando o Vitor, por favor, que continuem”, agradece Renata.

O jovem ainda aguarda uma data para o transplante e deve seguir o tratamento em Belo Horizonte.