PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Pouso-alegrense e cunhado morrem afogados em Porto de Galinhas

Marcelo Dionísio e Aldo Alves estavam com a família em um resort, quando ao entrarem no mar, foram puxados pela maré

PróximoAnterior
Marcelo e Aldo estavam com a família em Porto de Galinhas (Foto Reprodução Redes Sociais)

Um pouso-alegrense e o cunhado dele morreram afogados nesta sexta-feira (22) em Ipojuca (PE), onde fica a famosa praia de Porto de Galinhas. O contador Marcelo Dionísio da Silva, que mora em Pouso Alegre, e seu cunhado Aldo Alves, de São Paulo, estavam com a família em um resort cinco estrelas na praia do Cupe, quando o incidente aconteceu.

Marcelo e Aldo, amnos de 48 anos, estavam no mar com dois sobrinhos de 12 e 13 anos, quando a maré teria os puxado. O menino de 12 anos foi o primeiro a sentir que o pé não tocava o chão, e avisou os outros. Os adolescentes conseguiram sair do mar.

Corpos foram resgatados já de noite (Foto: Reprodução Whatsapp)

O corpo de Marcelo apareceu por volta das 18h, devolvido pelo mar. Aldo foi resgatado às 19h53, e chegou a ser levado ao pronto atendimento, mas não resistiu e faleceu.

PróximoAnterior

Os dois teriam entrado no mar por volta das 17h30, quando já tinha se encerrado o turno dos guarda vidas. Segundo a prefeitura de Ipojuca, a praia é imprópria para banho. Ao G1, um salvamar explicou que no local há uma vala, e a agua que batia abaixo do joelho, passa a superar a altura do corpo. E nesse momento, os turistas são deslocados a alto mar. Segundo a imprensa pernambucana, o local é sinalizado com bandeiras alertando o perigo.

Marcelo era contador, e já foi professor da Univás. A morte de Marcelo foi confirmada pela família nas redes sociais, e tambem pelo escritório de contabilidade de qual é sócio. A morte dele está sendo muito lamentada. Ele deixa esposa e dois filhos.

Ainda não há informações sobre a profissão de Aldo, sobre o velório e sepultamento deles.

– Nossos sentimentos a família