PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
EmpresasEspecial Publicitário

Família de Paraisópolis (MG) aposta na produção orgânica como filosofia de vida

Rancho Biju é exemplo de empreendedorismo, sucessão familiar e produção de alimentos saudáveis

Foto: Divulgação Sicredi

A preocupação em oferecer alimentos naturais e com qualidade é constante na família Coelho, residente em Paraisópolis/MG. Por isso, pais e filhos investiram na produção orgânica e fundaram o Rancho Biju, que fabrica queijos, tapioca, iogurte, doce de leite, farinhas, entre outros alimentos.

A mãe, Maria Denize Coelho, conta que sempre gostou de comidas saudáveis, então tem o orgânico como filosofia de vida. “Acredito no que é natural, em alimentos bons, que transmitem boas energias a quem consome, por isso apostamos no Rancho Biju. Eu tenho uma paixão enorme por este lugar que construímos, porque foi feito com muito amor, acreditando muito no que fazemos, podendo levar coisas boas às outras pessoas e, principalmente, o nosso intuito é oferecer melhorias para o corpo e para a mente, através da alimentação”, cita a produtora rural.

Para alcançar este patamar de qualidade, sendo mais específico e técnico como orgânico, a família mudou o manejo da terra com o apoio dos colaboradores. Conforme relata o pai, Frederico Coelho (mais conhecido como Lilico), para isso, a família foi estudando, convivendo com pessoas com mais experiência e aprendendo a melhor forma de atuar com este tipo de produção. “Os resultados satisfatórios foram surgindo com o tempo e, hoje, o Rancho Biju é a minha vida e é nele que eu quero viver. Para alcançar este propósito, fazemos um trabalho diário intenso e temos na região o grupo Orgânicos da Mantiqueira, que nos dá apoio constante. São pessoas especiais que acreditam também no cooperativismo, assim como nós”, ressalta o agricultor.

O exemplo e a dedicação de Maria e Frederico são seguidos pelos filhos. “Meus pais são meu orgulho, eles se empenham demais em tudo o que fazem. Os dois são perfeccionistas e é maravilhoso ver a batalha constante deles para ver o Rancho evoluir. Isso me faz ter a certeza de que é aqui que desejo ficar, fazendo a sucessão e criando meus filhos também com esta filosofia de vida, pois eles, mesmo pequenos, já dão valor aos produtos orgânicos, o que me enche de satisfação”, enaltece Maria Beatriz Coelho.

O Sicredi

A família contou com o apoio da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG para alcançar alguns objetivos. Entre eles, fortalecer a produção orgânica e, também, a instalação do sistema de energia fotovoltaica, para garantir ainda mais a sustentabilidade ao empreendimento.

A forma de atuação da instituição de crédito é mencionada por Frederico. “É maravilhoso fazer parte de uma Cooperativa que aplica seus resultados na sociedade. Esta maneira de trabalhar é muito legal, porque isso ajuda quem integra o empreendimento e apoia muito também as cidades pequenas, como a nossa. Além disso, o Sicredi tem inúmeros programas sociais que ajudam no desenvolvimento das pessoas. Minha filha, Maria, já fez o Sicredi Mulher e adorou. É muito importante fazermos parte de uma Cooperativa que participa do nosso dia a dia, redistribuiu seu lucro, aplicando no próprio município. Isso é fantástico”, assegura.

Da mesma forma, a colaboradora do Sicredi, Thais Matos Ceacero, destaca a atuação exemplar da família no empreendimento. “É muito bonita a forma que a família trabalha, sempre unida e pensando no melhor aos consumidores. E nós, como Sicredi, apoiamos iniciativas como esta, porque visualizamos a importância de ter um sistema sustentável, de ter uma produção orgânica, porque é um mercado que deve crescer muito no futuro. Sempre estamos dispostos a apoiar projetos dos associados que visam o seu desenvolvimento e também realizar seus sonhos”, conclui.

Clique aqui para assistir a história completa do Rancho Biju.

* Conteudo de responsabilidade do anunciante Sicredi